Dioramas 

Ju-87 e Me-262 – Pequeno Diorama 1/144 – Parte IV

Continuando a montagem deste diorama, vamos para a parte IV…

 Conforme expliquei na parte I do diorama, haviam muitos Me-262 naquele aérodromo quando as forças aliadas o encontraram, então, não podia faltar em meu diorama, um Me-262.

 Um pouco de história desta magnífica aeronave.

 O Me-262 Schwalbe (andorinha) foi o primeiro caça a jato operacional do mundo, os estudos de seu projeto iniciaram em 1938, ficando a cargo da BMW desenvolver os motores necessários para o modelo, entretanto o avião ficou pronto antes dos motores, e o primeiro vôo foi realizado em 18 de abril de 1941, mas com um motor a pistão JUMO instalado no nariz, o primeiro vôo com motor a jato só aconteceria em março de 1942, quando o protótipo alçou vôo com três motores, dois a jato e o motor a pistão ainda no nariz como medida de segurança.

 O desenvolvimento dos motores foi a parte mais complicada do projeto, sendo necessário redesenhá-los algumas vezes para corrigir erros de projeto, mesmo nas versões finais, o modelo ainda era conhecido por sua pouca confiabilidade e durabilidade dos motores.

 Inicialmente o projeto do Me-262 não era uma prioridade do comando da Luftwaffe, apenas após o grande ás Adolf Galland fazer um vôo é que o projeto “decolou”, por força de Galland, pois ele ficou muito impressionado com a nova aeronave. Entretanto mais atrasos ao projeto foram sofridos, devidos aos constantes bombardeios dos aliados as industrias alemãs, causando uma crise geral de suprimentos em todas as linhas.

Em virtude desses problemas o 262 só entrou em serviço em julho de 1944, um pouco tarde para fazer algum efeito considerável no teatro aéreo da guerra da Europa, a primeira vitória foi sobre um DH Mosquito britânico que fazia um vôo de reconhecimento na região de Munique.

No final de 1944 o Me-262 operava basicamente em três tipos de missões: caça bombardeiro, interceptador e reconhecimento aéreo (sem nenhum armamento).

O 262 era um bombardeiro mortal equipado com 24 foguetes e quatro canhões de 30mm, em combate contra os P-51 Mustangs o 262 não era muito bom, pois embora tivesse mais velocidade era menos manobrável.

Como caça, ele foi vitorioso contra as formações de bombardeiros aliados.

 Cerca de 1400 unidades foram construídas, mas menos de 300 puderam efetivamente entrar em combate, pois a grande maioria não podia decolar devido a falta de peças, e muitos outros foram destruídos ainda no chão pelos ataques aliados.

 O período que concentrou maior atividade deste caça foi entre 18 e 21 de março de 1945, quando 40 unidades realizaram sortidas diárias contra as formações de bombardeiros aliadas, entretanto, foi pouco e tarde, para fazer alguma diferença na guerra.

Os alemães nunca puderam aproveitar todo o potencial do que o caça poderia oferecer, e inspirado nele, os Ingleses, Russos e Americanos desenvolveram a primeira geração de caças com motor a reação do mundo…

Aqui um pequeno documentário (em Inglês) sobre esta incrível maravilha da engenharia.

 

Estas são as fotos que usarei como referência para montagem do modelo e do diorama.

 
  

Fonte: Fighter Aircraft – Francis Crosby

Vamos a montagem do Kit.

O kit é um Eduard , na caixa vem com dois kits, e decalques para X versões, para aumentar o nível de detalhes do kit, utilizei um set de detalhamento edição limitada da Griffon, que vem com muitos partes em photoetched e o interior em resina.

  
  
  
 
 

 Após a construção e detalhamento do interior, fiz o exterior, as fotos de referencia que utilizei serviram de guia para a pintura e detalhamento. Abri um dos motores e fiz o detalhamento em scratch utilizando um canudo de refrigerante e alguns fiozinhos de sprue para fazer os detalhes do motor.Também serrei, ailerons, flaps e profundor, para poder posionar como nas fotos de referência.

 
 
  
 
  
 

 Fiz a pintura exterior e apliquei envelhecimento utilizando a técnica do sal, aplica-se sal antes de pintar e depois retira-se, usando o sal como se fosse uma máscara, essa técnica é excelente para fazer descascados na pintura.

 
 
  
 

 Um pouco de wash e verniz e voilá, modelo pronto !

 
 
 

 Usando um set de figuras da marca Preiser na escala 1/144, modifiquei e coloquei os pilotos de acordo com a foto, também montei e pintei uma bicicleta em photoetched.

 

Soldados posam para foto ao lado de outro Me-262
  

Bom pessoal, espero que tenham gostado desta montagem, fiquem ligados que em breve postarei a V e última parte desse diorama !!

 Plastiabraços,

[.” align=”alignnone” width=”144″] Lucas Rizzi[/caption]

 A publicação de qualquer imagem ou informação referente ao nazismo, fascismo ou outros quaisquer regimes totalitários deve ser entendida como reprodução do rigor histórico e não como apologia a estes regimes, aos seus líderes ou aos seus símbolos.

 

Picture Source:

WWII Photographs courtesy of Jeff Gates ©2010 from his Web site: Life Outtacontext (http://life.outtacontext.com)

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

4 Thoughts to “Ju-87 e Me-262 – Pequeno Diorama 1/144 – Parte IV”

  1. Israel Sanches

    Gostei, muito bom, bem detalhado, boas técnicas, acessível pra quem quiser e tiver vontade, muito loco…
    A bicicleta foi um toque especial.
    Parabéns.

  2. Marcelo

    Sem palavras. Como sempre ótimo trabalho.

    Aeroabraço.

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.