Tutoriais 

Tudo o que você sempre quis saber sobre Aerógrafos – Parte I

Vou escrever para vocês um pouco sobre aerografia, pois esta é uma das maiores dúvidas de quem entra no maravilhoso mundo do modelismo, uma vez que o aerógrafo é ferramenta quase que obrigatória, mas antes de falar dos seus usos e tudo mais quero vamos saber um pouco da história do aerógrafo.

O princípio da pintura com spray não é uma invenção moderna, ele é quase tão velha quanto a humanidade, alguns cientistas acreditam que as pinturas antigas das cavernas  eram feitas com algum tipo de tinta ou pó de carvão soprados usando um osso oco ou mesmo as próprias mãos. De lá para cá essa idéia de pintura com pó, foi sendo aprimorada e a no ano de 1873 Francis Edgar Stanley registrou a primeira patente para um dispositivo similar ao aerógrafo que nós conhecemos hoje. Entretanto até os anos 20 o uso do aerógrafo ficou limitado principalmente para retoque fotográfico.

Propaganda Aerógrafo Walkup de 1884

Enquanto novas máquinas e tecnologias eram desenvolvidas uma nova era da propagando nascia, e o aerógrafo era ideal para o que essa nova era trazia como principal novidade:  grandes anúncios.

Liberty Walkup de 1885
Paasche MLS de 1930

Considerado um dos grandes nomes da propaganda , arquitetura e artes modernas Walter Gropius, fundador da  escola Bauhaus foi o  pioneiro a trazer o aerógrado para as finas artes e  foi nesta escola, formada na Alemanha em 1919, que o aerógrafo começou a ser utilizado de maneira completamente diferente.

Na publicidade dos anos 30 a disponiblidade de novos produtos aumentou de maneira rápida e o uso do aerógrafo foi excelente para atender a demanda desta nova maneira de propaganda.

Naquela época dois artistas, especializados em retratar mulheres em calendários, se tornaram conhecidos,  George Petty e  Alberto Vargas.

Os retratos de Vargas principalmente, foram muito associadas as Pin-Up Girls, muito utilizadas pelos pilotos em seus aviões na Segunda Guerra Mundial, as chamadas Nose Art´s.

George Petty – Outubro de 1955

Alberto Vargas Abril de 1941

Alberto Vargas – Setembro de 1941

Gerge Petty – Outubro de 1948

Durante a guerra muitos artistas foram recrutados para fazerem pôsteres de propaganda de guerra . Um do mais conhecido era o designer Abram Games, que fez cerca de 100 pôsteres para as forças armadas Britânicas.

Os estúdios de Walt Disney usaram  extensivamente o aerógrafo na produção de planos de fundo para seus desenhos animados, no filme Pinoccio de 1940 usaram o aerógrafo para fazer os efeitos de iluminação e sombras mais realísticos dos planos de fundo. Desde então o aerógrafo tem sido muito utilizado em animação e na mídia.

Nos anos 60 uma revolução para o aerógrafo começou, durante a era hippie, ele foi uma ferramenta excelente para produzir efeitos surreais e psicodélicos para a indústria da música, como capa de discos e cartazes, também foi muito utilizado para pintar desenhos em carros e muros, descobriu-se mais um uso para o aerógrafo, naquela década o uso da aerografia  difundiu-se mundialmente através do grafite.

De lá para cá novos usos para o aerógrafo foram descobertos e ele vem sido usado nas mais diversa áreas que vão desde customização de automóveis, maquiagem corporal até confecção de miniaturas, não há mais limites para o uso desta versátil ferramenta.

Alguns vídeos demonstrando a versatilidade do aerógrafo.

No Brasil temos alguns artistas especializados em Aviation Art que utilizam o aerógrafo em seus quadros, como Lauro Ney Batista, um renomado artista da área de aviação, Lauro produz ilustrações para diversas publicações no Brasil e no Exterior.

Alguns trabalhos realizados por Lauro Ney Batista utilizando aerografia :

Messerschmitt Me110G-6, major Martin Drewes, NJG1, 1944
Técnica: Aerografia sobre cartão Schoeller Hammer
Embraer ALX com míssil MAA-1, Brasil, 1998
Técnica: Aerografia sobre cartão Schoeller Hammer

Embora o aerógrafo ganhe cada vez mais a aceitação dos artistas tradicionais, ele ainda não foi  reconhecido completamente como uma ferramenta das finas-artes. E o seu uso tem sido cada vez menor pelas artes da mídia, sendo substituído pela arte digital, inclusive alguns softwares como o Photoshop, por exemplo, tem uma ferramenta chamada Aerógrafo Digital, justamente para fazer retoques em fotos e imagens e permitem até a confecção de imagens utilizando o Aerógrafo Digital.

Para nós modelistas, o aerógrafo é uma ferramenta de trabalho mais do que necessária, pois ela é peça chave para a realização de um modelo bem feito !

Por hoje é isso pessoal, no próximo artigo vou falar sobre os tipos de aerógrafos e seus usos.

Até a próxima !

[.” align=”alignnone” width=”144″] Lucas Rizzi[/caption]

Fontes:

Fotos
http://www.airbrushmuseum.com/

Textos
http://starinformationstore.com/airbrush/

Pin Up´s
http://www.noseart.ch/

Abram Games
http://www.abramgames.com
http://www.benuri.org.uk/Games.htm

Lauro Ney Batista
http://lauroney.sites.uol.com.br/

Série de Artigos:

Parte I – História da Aerografia

Parte II – Tipos de Aerógrafos

Parte III – Tintas

Parte IV – Limpeza dos Aerógrafos

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

16 Thoughts to “Tudo o que você sempre quis saber sobre Aerógrafos – Parte I”

  1. Jowast

    Só hoje,vim a conhecer o blog e,imagine a minha cara de tacho,por só ter descoberto agora.Sinto muito,mas vou recuperar o tempo perdido,começando por este artigo.Já saíu a parte II?
    Jorge W.

    1. Olá Jorge, ficou feliz por ter chegado até aqui 😀 O SprueMaster está no ar desde de fevereiro de 2010… assine o FEED e não perca as atualizações ! 😀

      Sim, já publiquei a parte II e Parte III, ainda estou escrevendo a parte final do artigo.

      Obrigado por visitar e seja bem vindo à bordo !

      Plastiabraços,

      Lucas

  2. Parabens Lucas, vivendo e aprendendo.Sendo uma matéria de grande valia para os entendidos, o que dirá para os principiantes. Quando sairá a segunda parte, pois ests eu já imprimi?

    1. Obrigado Manoel, que bom que gostou, a segunda parte já está no blog. Veja em tutorias. Obrigado !

  3. NIGHTRIDER

    Muito bacana a matéria… como dizem : VIVENDO E APRENDENDO…

  4. Daniel Follador

    Lucas, ótimo artigo!!! Muito interessante a parte dos “primórdios” da aerografia.

    Pensava tbem q o Vargas usava qqer outra coisa, menos aerógrafo…

    Abraço!

    Daniel

    1. Sim Daniel, eu também nem podia imaginar. Foi muito bacana escrever esta matéria. Que bom que gostou. Obrigado

  5. Orlando

    Vivendo e aprendendo.
    Matéria não só para novatos,não.
    Parabéns Lucas!

    Orlando

    1. Obrigado Orlando, fico feliz que tenha gostado. Isso me motiva a continuar escrevendo. Plastiabraço !

  6. Orlando

    Vivendo e aprendendo.
    Matéria não só para novatos,não!
    Parabéns Lucas!

    Orlando

  7. Bom desempenho no assunto, Lucas.

    tinha coisa aí que não sabia.

    Cebola

    1. Obrigado Cebola ! Que bom que gostou, pois é nem eu sabia, adorei escrever este artigo, e olha o tanto de coisa que achei, dava para escrever umas 4 partes só contando a história dessa nossa maravilhosa ferramenta… Um grande abraço !

  8. Pitoco

    S!

    Grande matéria!

    Muito bacana mesmo, também não fazia idéia da origen dos aerógrafos, mais legal ver os modelos mais antigos da Paasche, me fez lembrar meu primeiro aerógrafo da mesma marca um modelo VLS…saudade!

    Forte abraço!

    Pitoco.

    1. Obrigado Pitoco !! Eu também não sabia muita coisa !

      Sim a Paasche fabrica aerógrafos a mais de cem anos, para uma empresa durar todo esse tempo, bons produtos com certeza ela tem ! 😀

      Abração !

  9. Muito bacana e esclarecedor. Todo mundo fala de aerógrafos mas acho que quase ninguém (inclusive eu) sabia das origens e da evolução do nosso maior companheiro do hobby.

    Sempre achei os cartazes ingleses bastante contundentes, mas nunca me passou pela cabeça que fossem feitos com aerografia. Aprendi mais uma.

    E vou aguardar ansioso as próximas partes do artigo.

    Parabéns !!!

    1. Sim Fernando, e olha a história toda é muito interessante, quando a gente pega um aerógrafo pra usar no modelismo, nem imagina as outras finalidades que ele já foi utilizado.. quando eu comecei no modelismo eu pensava que aerógrafo era específico pra isso, eu nem imaginava os outros usos para ele 😀 😀

      Depois com os anos fui descobrindo que era só mais um uso para esta maravilhosa ferramenta 😀

      Fique de olho que em breve publico a segunda parte !

      Abração !

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.