História & Modelismo Tutoriais 

Defendam a ponte até o último homem !

Pessoal,

Vou publicar um artigo que recebi de um grande amigo meu: o Nando, ele é fera em militaria e quero compartilhar com vocês o artigo que ele me enviou. Espero que gostem !!

Com a palavra meu amigo Nando,

Até mais !

Lucas Rizzi

****

– Defendam a ponte até o último homem  !

            Quem nunca, em um filme, ouviu um general dando essa ordem para um prestativo capitão, que, sem questionar, leva seus homens para defender a ponte. Até o último homem.

            Dentro do contexto do conflito, pontes eram extremamente importantes, por motivos óbvios, pois podiam deter um avanço ou ajudar imensamente na defesa de alguma cidade ou ponto estratégico.

            As pontes serviram de roteiro para diversos filmes e inúmeras cenas memoráveis no cinema. Podemos até citar aqui os mais famosos: A Ponte do Rio Kwai, onde soldados ingleses, capturados pelos japoneses são obrigados a usar seus conhecimentos de engenharia para construir uma ponte para os asiáticos, até a final libertação por tropas aliadas. O outro é Uma Ponte Longe Demais,  que narra de forma heróica o fracasso dos aliados na Operação Market Garden. E, claro, a cena mais famosa é a do filme O Resgate do Soldado Ryan, que prefere ficar e defender a pequena ponte do vilarejo a ir embora com seus salvadores.  E o Tom Hanks atirando com sua pistola em um tanque Tiger…

            Filmes à parte, a preocupação com elas sempre foi grande, ocupando uma boa parte do tempo e do trabalho dos pelotões de engenharia, que eram incorporados em todos os exércitos. Alguns  devidamente valorizados, como podemos ver no cartaz aí em baixo, do exército americano.
.

 

            Podemos ver nessas duas fotos seguintes soldados americanos recuperando uma ponte e na outra, uma provavelmente irrecuperável. As imagens, provavelmente, devem ser da Normandia, pós invasão. Muito interessante também o Sherman passando por uma ponte totalmente improvisada. Praticamente uma “pinguela”.

  
 

            Também não podemos esquecer dos veículos lançadores de pontes, os bridgelayers, presentes e atuantes nos dois lados do conflito. Nas fotos podemos ver um Panzer IV e um Cruiser prestes a lançar sua ponte.

  

            E as pontes eram construídas de acordo com a necessidade, situação e material disponível. Botes de borracha, pedaços de trilho e principalmente madeira. E pensando nisso resolvi desenvolver essas duas pontes, em madeira balsa, uma pesada, para a passagem de veículos mais pesados, como tanques, e a outra mais específica para tropas e veículos leves. Ambas foram projetadas e construídas por engenheiros alemães em campo e utilizadas na frente leste. Elas podem servir de base para kits ou compor dioramas, valorizando os trabalhos dos modelistas.

  
  

É isso aí !!!

Fernando Zavarelli – [email protected]

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

4 Thoughts to “Defendam a ponte até o último homem !”

  1. OSWALDO ANTONELLI

    Putz! São as pontes do Nando_Z!

    O Nando é um artista na concepção real da palavra. Seus trabalhos são espetaculares, coisa de profissional!

    Muito bom vê-los por aqui.

    Abraços.

    1. Sim, o Nando é um artista de verdade ! Os trabalhos dele são maravilhosos…

  2. Israel

    Perfeito, espero que tenha continuação dessa ponte… quero ve-la em operação com os soldados e tanques atravessando… Abraço

    1. Vai ter sim ! O Nando vai preparar um diorama pra gente com ela 😀 😀

      valeu !

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.