Dioramas Tutoriais 

Construindo bases com gesso acartonado

É indiscutível que o kit, depois de pronto, fica mais apresentável e valorizado se colocado em cima de uma base. E não estou falando de dioramas ou vinhetas. Mas sim de uma base, por mais simples que seja. Aliás, recentemente em um artigo que escrevi sobre um livro da Osprey (clique para ler), o Steven Zaloga dedica um capitulo inteiro à esse tema.

Geralmente quando falamos/pensamos em bases, nos vêm à cabeça as bases de madeira, que podemos encontrar nas lojas do ramo, ou produzidas por colegas modelistas ou cortadas e acabadas na marcenaria de nossa preferência. As bases prontas nos deixam um pouco limitados, principalmente se queremos produzir uma vinheta um pouco maior, com mais elementos, ou mesmo um pequeno diorama.

Porém existe uma alternativa interessante, e que eu já venho usando a um bom tempo: placas de gesso acartonado. São placas usadas na construção civil, para forros e divisórias. O tamanho delas é de 1 x 2 metros e podem ser encontradas em qualquer uma dessas empresas que trabalham com gesso. Seu custo é muito baixo e nesses locais você pode comprar retalhos por alguns poucos reais.

O que torna esse material interessante é a possibilidade do próprio modelista produzir a sua base, do tamanho e do formato que desejar com um custo bastante baixo.

Vantagens da placa de gesso:

  • Custo de aquisição bastante baixo
  • Fácil de encontrar
  • Não é material tóxico
  • Aceita materiais como cola branca e massa corrida
  • Aceita tintas à base de água
  • Pode ser cortado e furado com bastante facilidade
  • Aceita sem grandes problemas materiais como madeira, plástico e metal

Desvantagens da placa de gesso:

  • Faz uma sujeira considerável
  • Não aceita bem tintas à base de solventes e óleo
  • Sua resistência mecânica é menor do que a da madeira

Com um pouco de trabalho e criatividade, podemos desenvolver bases bem bacanas usando esse material, como veremos a seguir:

            – Aqui está a placa de gesso na sua forma original. Ela vem recoberta dos dois lados com uma camada de papelão.

            – Faço as marcações do tamanho desejado com lápis, para servirem de guia para o corte.

            – O corte da placa é bastante fácil e pode ser feito com uma dessas serras para metal. Eu, particularmente gosto dessas serras por que proporcionam um corte reto e são fáceis de controlar, além de serem fáceis de se encontrar. Para o corte pode-se apoiar a placa em um degrau ou na borda de uma mesa. Faça o corte sem muita pressa, evitando assim rachar a placa.

Na foto abaixo podemos ver o resultado do corte da placa, Em seguida, iremos tratar do acabamento lateral da placa ou base.

Na foto seguinte, podemos ver a placa já cortada de acordo com a marcação feita anteriormente.

O próximo passo é separar uma boa quantidade de água e um pincel que seja grande e largo.

Em seguida, aplique água generosamente em um dos cantos da placa. Passe uma demão com o pincel, aguarde o papelão absorver a água e depois aplique outra. A tendência do gesso é absorver uma grande parte dessa água. Mas isso não deve ser motivo de preocupação, pois ela irá evaporar rapidamente do gesso.

Em seguida, com os dedos apenas, evitando usar algum tipo de ferramenta, vá arrancando o papelão que está grudado no gesso. Vá aplicando mais água e retirando o papelão. Faça isso emtoda a área da base, com calma e paciência, retirando todo o papelão que está grudado no gesso.

Alguns minutos de trabalho e um dos lados da base está completamente sem o papelão, pronta para o uso.

Abaixo, alguns exemplos de bases feitas com as placas de gesso acartonado,

Nesta, uma base para uma figura, onde três pequenos quadrados foram colados um em cima do outro, para dar volume, Depois foi feito um acabamento com madeira,

Nesta, foi criado um tamarc para aviões na escala 1/48. Nota-se nos cantos uma vegetação colada e pintada. No gesso essa tarefa se torna bem simples e fácil de ser executada.

Na seguinte, uma pequena base para um kit na escala 1/72. A base valorizou o kit e a identificação foi feita com um pedaço do sprue do mesmo, Fazer as marcações do concreto no gesso é uma tarefa das mais simples, usando para isso um scribber ou outra ferramenta qualquer.

Nas fotos abaixo, para suportar e identificar o kit do Fieseler, foi criada uma pequena ruína e colada na base e depois uma textura com areia, tudo pintado com tintas acrílicas. Nota-se o acabamento nas laterais da base, feito com pedaços de plasticard pintado.

E por último, uma base com alguns elementos em materiais diversos, e com as laterais recobertas com madeira balsa, envelhecida como uso de betume.

Bases são mais uma das características do nosso hobby. E com o uso de placas de gesso acartonado, a confecção de bases, além de barato, torna-se bastante divertida e criativa, adicionando habilidades e valorizando os kits.

É isso aí !!!

Fernando Zavarelli
Não perca as atualizações do SprueMaster ! Assine já o Feed e receba um aviso em seu e-mail, clique aqui
O SprueMaster também está no twitter, clique aqui para seguir !

Posts Relacionados

6 Thoughts to “Construindo bases com gesso acartonado”

  1. Muito bom!
    Tanto o autor quanto o Lucas estão de parabéns por disponibilizar essa matéria… Apesar de inglês não ser um problema, encontrar tutoriais em português é muito melhor!
    Obrigado!
    Agora estou a caça de como aplicar “grama estática” em dioramas…

  2. Manoel Henriques

    • Não aceita bem tintas à base de solventes e óleo

    Será que passar algumas camadas de verniz “asa de barata” isso não seria resolvido?

    Abs – Manoel Henriques

    p.s.: Ótimo tutorial!

  3. Eduardo Brettas

    Ótima dica essa Fernando.
    Vou ver onde encontro para experimentar.
    Um abraço!

  4. que maravilha de tutorial. parabens

  5. Gustavo Vieira

    Muito bom o post Nando… Agora vejo que sempre temos alternativas simples e baratas a quase tudo no hobby!!!
    Abraços,

    Gustavo.

    1. Gustavo:

      O gesso é um material muito bacana de ser utilizado, tanto em placas como em pó. E além do custo, sempre procuro o que esteja ao meu alcance, principalmente morando no interior e na maioria das vezes dependendo de internet/correios para adquirir as coisas do hobby.

      Obrigado pela visita e um forte abraço.

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.