Eventos Aeronáuticos 

SprueMaster na EAA parte final…

Sábado 31 de julho de 2010…

 Na cabine do Hércules ficam três oficiais, piloto, co-piloto e engenheiro. Os três americaninhos não tinham mais que 7 anos. Mexiam em todos, TODOS, os botões do cockpit e ainda conversavam imitando o som do radio. Sério, eu me preocupei. Olhei para o piloto do Hércules, o adulto oficial da USAF, responsável por tirar as duvidas dos visitantes. Ele olhava interessado em saber o que os meninos falavam e ria.

Depois perguntei se não havia nenhum problema sobre os meninos se divertirem com o brinquedinho, ele me respondeu que antes de partirem de qualquer demonstração estática eles refaziam duas vezes um checklist completo de todo o avião, e era um Hércules. Me impressionei, agradeci e sai para tirar uma foto.

Logo que o Hércules chegou ao evento fiquei entusiasmado em conhecer seu interior. Na verdade, ao lado do C-17 na Aeroshell Square ele parecia estar numa escala diferente. Esse Hércules da USAF foi adaptado para pulverização. Em seu interior dois tanques pressurizados que já jogaram água em incêndios causados pelo Katrina e pulverizaram detergentes no petróleo do vazamento da BP no Golfo do Mexico.

 Aproveitei meu último dia para ver, e depois poder escrever mais sobre, os aviões em si.

Por $5 conheci todo o interior da B-17. Maravilhoso. Aqueles homens tinham muita coragem. Com os dois compartimentos de bomba abertos resta um barra de aço de 20 cm para apoiar os pés na barriga da fortaleza e você tem que literalmente se esgueirar para atravessá-la completamente. Os postos dos artilheiros traseiro e inferior simplesmente não aceitam pessoas com mais de 1,50 de altura. É, eles faziam mágica.

 

Vídeo com um “resumo” da EAA Airventure Oshkosh 2010

O globo do artilheiro inferior visto por dentro da barriga do avião faz lembrar da história que quando o trem de pouso quebrava ele sabia que ia morrer no pouso mas ainda conseguia conversar com seus companheiros dentro do avião. Um tanto perturbador (se alguém lembrar o nome do filme que tem essa cena comente aí pavor). Enfim, por mais $5 conheci o interior do Constellation completamente revitalizado e funcional presente no evento. Na saída os visitantes assinam o livro com nome, país e comentários. Escrevi “Much more confortable than the 777 I arrived in” e acreditem, é muito mais confortável mesmo.

Na Aeroshell Square chegaram mais dois F-18, um F-15 e um 737 da Southwest. Olhando de longe o set final de aviões na praça contava com Osprey, Hércules, duas B-17, dois F-18, F-15, F-16, dois Constelation, três DC-3, C-17, Ford Tri-Motor…  e isso em nem um décimo do evento.

Cheguei a pensar que tinha visto tudo no evento, nessa hora perdi a pressa e descobri que havia muito mais a ser visto. Como todos os Warbirds e aviões magníficos a serem olhados você acaba esquecendo cada barraquinha e cada uma tem algo legal de ser visto. Quando prestei atenção estava numa barraca junto aos destroços do Tsunami, avião de corrida baseado num P-51 que fez historia no Reno Pylon Race. Tudo ali, suas asas, cockpit destruído… Mais alguns metros para frente, a recriação de um acampamento de guerra. Todas as barracas, rádios, caminhões, motos… Tudo organizado como se estivesse em guerra. Tive certeza que terei que voltar outro ano.

Durante à tarde ainda houve a apresentação do Ericksson Air-Crane, decolagem na frente do público ao meio da pista, voou ate o lago Winnebago para se abastecer de água e depois soltá-la em cima da pista em demonstração. Parece uma Aranha com hélices. Também voou o Sykorski SR-71 que participou das gravações do filme “O Aviador” contando a historia de Howard Hugues, visionário da aviação.

Sobre filmes, vale lembrar a presença de Gary (??), que autou no filme Forrest Gump como soldado dos EUA e atualmente trabalha na serie CSI: ?????. O ator realiza um grande trabalho com os veteranos machucados e depois se apresentou no Theater in The Woods (um palco tbm no aeroporto) com sua banda.

Sobre os shows aéreos. Resolvi resumir ao invez de falar de cada dia. As apresentações eram feitas pelos seguintes pilotos e suas maquinas distribuídos pelos dias da semana, alguns se apresentando mais de uma vez.

Vale muito a pena jogar o nome de cada um no Youtube e dar uma olhada.

Liberty Parachute Team abre os Airshows toda tarde. Os Warbirds of America também tem apresentação fixa todo dia. A apresentação muda um pouco cada dia, mas sempre recheada de Warbirds e algumas vezes com muita pirotecnia.

 O dia estava perto do fim e as atrações não.

Como no domingo os aviões começam a partir de volta para seus aeroportos de origem, o sábado torna-se o grande dia das atrações e, pela primeira vez em Oshkosh houve o show aéreo noturno. Esse merece um pouco de descrição.

A multidão toda sentada ao lado dos aviões na Aeroshell Square e em toda extensão da pista. Eu estava no bico do C-17. Sob silencio absoluto Bob Carlton começa sua apresentação. É possível ouvir a turbina se movendo no céu mas seu planador somente é visto quando as duas faixas de fogos de artifício reproduzindo faíscas acendem nas pontas das asas e a musica clássica começa a tocar. Loopings e Splits são descritos no céu aparentemente só pelos fogos de artifício embora seja possível ver vagamente o planador pelo reflexo dos fogos.

O clássico logo vira o Fantasma da Opera. Uma apresentação linda. No mesmo estilo também se apresentaram o Aeroshell Team (quatro T-6`s)…………………………………………………………… “10, 9, 8….2, 1” o coro iniciado pelo locutor e terminado pelo público sozinho marcou o inicio de um show de fogos de artifício maravilhosos que terminaram com uma parede de fogo de uns 300 metros de extensão e marcaram o fim da minha visita ao Airventure.

 Vai um video da apresentação do Bob Carlton, não é a do dia, mas é praticamente a mesma e o vídeo está em boa qualidade. http://www.youtube.com/watch?v=mXV0IMrHTIs

Voltando a universidade ainda rolou o “Derrubando a Geladeira” onde todos hospedados se reúnem para consumir as sobras de suas geladeira, oportunidade perfeita para trocar os emails com os novos amigos.

Em conclusão, escrevendo sentado na frente do portão D-21 do MIA (Miami International Airport) junto dos brasileiros que também estão voltando de Oshkosh com a Candiota digo (escrevo). Quando tiverem a oportunidade não a percam. Visitem o AirVenture em Oshkosh organizado pela EAA. Eh a meca da aviação. Tudo que se quiser pode ser encontrado. Warbirds, Homebuilds, Workshops, os melhores Airshows e tudo o que estiver ligado direta ou indiretamente ah aviação bem como os muitos amigos a serem feitos.

Aqui acaba a cobertura do AirVenture 2010. 

Valeu!

Jonas Almeida

Diretamente da EAA Airventure Oshkosh 2010 para o SprueMaster.

***************************************************************************************

É isso aí pessoal,

Fica aqui meu agradecimento ao Jonas, por nos trazer em suas palavras o que é a EAA .

Muito muito obrigado Jonas !!!

Em breve postarei aqui os walkarounds que o Jonas fez lá na EAA pessoal, fiquem de olho…

Valeu !

Não perca as atualizações do SprueMaster ! Assine já o Feed e receba um aviso em seu e-mail, clique aqui

O SprueMaster também está no twitter, clique aqui para seguir !

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

2 Thoughts to “SprueMaster na EAA parte final…”

  1. Marcelo

    Jonas, exelente trabalho desde Oshkosh.
    Assisti o video de Carlton e, não é um bom sentimento a inveja, mas presenciar isso ao vivo!!!…hehehehee.
    Volto a repetir, exelente trabalho e um ótimo retorno ao Brasil.

    Abraço.

  2. Cebola

    Aeeê Jonas!

    Já apresentei, fui e voltei em 30 anos de show aéreo.Desde võos ímpares até voôs fatais onde narrar a vida confrontava com a verdade da morte na pista.

    Achei seu depoismento sobre Oshkosh simplesmente fantástico, fiel e verossímel.

    Meus sinceros parabéns, e continue amando os aviões. São deles a visão de Deus.

    Cebola

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.