Tutoriais 

Falando sobre bisturis

Uma das premissas do modelismo é cortar. Separar a peça da árvore, cortar uma parte de fuselagem, de uma asa, um pedaço de plástico…  Enfim, são inúmeras as ocasiões no nosso hobby em que precisamos cortar alguma coisa. Se o modelista se aventurar pelo scratchbuild, então, cortar será a sua principal atividade.

Claro que temos à nossa disposição os mais variados instrumentos de corte. Estiletes e facas x-acto estão entre os preferidos e mais utilizados. São fáceis de encontrar, relativamente baratos e fáceis de usar.

Porém existe uma opção que vem sendo adotada por vários modelistas: os bisturis cirúrgicos.

Sim, os bisturis, aquelas faquinhas usadas por médicos para cortar e abrir pessoas. Sinistro? Nem tanto. Apesar da má impressão e da lembrança do sangue jorrando, os bisturis possuem muitas vantagens para nós, modelistas. Vamos relacionar algumas:

– Preço: ao contrário do que parece, pelo fato do bisturi ser um instrumento cirúrgico, eles não são caros. São baratos. Os cabos mais utilizados, independente do tamanho, custam entre 6 e 10 reais. As lâminas custam, em média 50 centavos cada. Sim, isso mesmo, meio real por uma lâmina de aço esterilizada por raios gama.

– Fácil de encontrar: em praticamente todas as cidades existe uma loja que vende material hospitalar e odontológico. Talvez você não encontre todos os formatos de lâminas, mas as mais utilizadas, números 10 e 11, com certeza estarão disponíveis.

– Corte preciso: são absurdamente afiados, o corte é extremamente  preciso. Além da perda de material ser mínima.

Observação importante: estamos falando aqui dos bisturis mais comuns. Existem alguns outros específicos para oftalmologia, odontologia e cirurgia plástica. Mas são instrumentos bastante caros e inviáveis para a grande maioria dos modelistas.

Na foto abaixo podemos ver os dois tamanhos de cabos mais comuns disponíveis, números 3 e 4. A diferença entre eles é a ponta, onde as lâminas são presas:

Aqui podemos ver nitidamente essa diferença:

Praticamente idênticos, trazem a numeração estampada na ponta:

As lâminas vêm embaladas individualmente, devidamente esterilizadas. Na embalagem existe uma data de validade, mas ela se aplica à esterilização e não à duração da lâmina ou de seu fio cortante (capacidade de corte).

Existem muitos formatos de lâminas. Os mais utilizados são os números 10 e 11, que são as duas na parte inferior da foto.

 

Outras dicas:

– Sempre trabalhe em cima da bancada, se perceber que o cabo do bisturi vai escapar da sua mão jamais tente segurá-lo.

– Sempre guarde o bisturi em uma gaveta só para ele, e sempre na mesma posição posição, assim você evita se cortar quando for procurar alguma coisa em sua gaveta de ferramentas. Se posivel utilize um material para guardar a lâmina, existem alguns protetores à venda nas lojas do ramo.

– Jamais deixe as lâminas ao alcance de crianças e animais domésticos.

– Sempre use óculos de proteção, pois as lâminas do bisturi podem se quebrar.

– Sempre planeje os movimentos de corte, pense antes de cortar e analise sempre o que pode acontecer se o bisturi escapar da peça que você está cortando. Trabalhe de modo que o bisturi nunca fique no caminho (ou em direção) de qualquer parte do seu corpo.

Dependendo do seu ritmo de montagem, pode ter à mão alguns cabos com lâminas diferentes. Na foto o meu conjunto: três cabos número 3, com lâminas 10, 11 e 15 e um cabo número 4 com uma lâmina 24, que uso para cortes mais pesados.

E como em qualquer outro instrumento de corte, a lâmina vai manter o seu fio de acordo com a intensidade do uso. As lâminas de bisturi tendem a perder o seu fio inicial mais rapidamente, mas elas se mantém utilizáveis por um bom tempo.

Finalizando, o bisturi é uma ferramenta barata, acessível para todos os modelistas. O seu uso vai incrementar qualidade nas montagens. Requer um pouco mais de cuidado e atenção e como toda nova ferramenta, deve ser devidamente testada e seu uso treinado, evitando assim acidentes pessoais e danos aos kits ou suas peças.

 É isso aí !!!

 

Não perca as atualizações do SprueMaster ! Assine já o Feed e receba um aviso em seu e-mail, clique aqui
O SprueMaster também está no twitter, clique aqui para seguir !

Written by 

Posts Relacionados

6 Thoughts to “Falando sobre bisturis”

  1. tonio

    boa tarde gostaria de saber onde encontar cabo inox para bisturi

    1. Oi Tonio,

      Geralmente em lojas que vendem instrumentos para dentistas e produtos hospitalares.

  2. bruno pinto

    onde posso encontrar um bisturi sem ter que ser eu a montar a lamina portanto já pronto.obrigado um abraço bruno

    1. Bruno:

      Você encontra nas casas de materiais médicos os bisturis descartáveis, onde a lâmina já vem presa ao cabo. Porém eles custam bem mais caro do que as lâminas soltas. Se você tem receio de trocar as lâminas, experimente com um alicate de bico, como ensino no artigo. Não é tão perigoso. Basta tomar um pouco de cuidado.

      Abraços.

  3. Anderson

    cara, até ler este artigo eu cheguei a pensar em comprar um bisturi mas quando vi a dica de segurança (e como vc descobriu isso….) prefiro ficar longe dessa ferramenta! rsrsrsrs

    muito bom este artigo, sem dúvida uma dica importante já que estiletes e scribers nem sempre resultam em cortes perfeitos ao trabalhar com scratch!

    alias, comparando a resistencia da lamina, ela seria mais resistente ou menos que a de um scriber ou estilete?!

    1. Anderson:

      Não precisa ter medo. Pode adquirir a ferramenta e faça alsuns testes com ela, pegue o jeito de usar. Acidentes podem acontecer com qualquer ferramenta, ainda mais com as de corte.

      Quanto à resistência das lâminas, ela é boa, pois são fabricadas em aço carbono ou em aço inox.

      Abraços e obrigado pela visita !!!

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.