Concursos & Eventos Opens 

E-Day 2011 – Militaria

Acho que apenas uma palavra resume esse evento: impressionante.

Bom, impressionante pra gente, que está acostumado aqui no Brasil com eventos bem menores e com uma organização bastante diferente. O evento é organizado pelo IPMS tcheco, e não por algum clube ou grupo de plastimodelismo.

Os clubes e grupos ficam posicionados nas mesas centrais do evento. Cada grupo com a sua mesa. E os participantes de cada grupo expõem seus modelos na mesa de seu clube. Então, quando cheguei ao evento, foi um pouco confuso. Procurei a mesa da militaria e acabei achando várias. E pelo que pude entender, os juízes, não sei quantos, vão de mesa em mesa, ou de clube em clube, e vão avaliando e julgando os modelos ali expostos. Um formato interessante para um evento desse porte.

O Lucas já comentou em seu artigo (aqui) o tamanho dele. São dezenas de lojas, inclusive lojas de fabricantes. Editoras, lojas comuns, kits de resina… Um verdadeiro shopping Center do plastimodelismo. Os preços? Bom, não tão convidativos quando desejaríamos. Mais altos do que na internet, mas bem menores do que os praticados aqui no Brasil. O evento era para ter dois dias de duração, mas segundo os expositores, o alto custo de locação do espaço impediu isso. A estimativa de público era de 20 mil pessoas. Como passamos a maior parte do dia por lá, eu não duvido que esse número tenha sido atingido. Era muita gente.

Mas deslumbramentos a parte, o modelismo por lá é business. Não é tratado apenas como um hobby. Muitos fabricantes locais, muita gente fazendo resina, publicando livros, fazendo photoetched, conversões, decais, etc… O modelismo faz parte da cultura das pessoas.

Vamos aos modelos. O que manda por lá é aviação, sem dúvida nenhuma. Posso afirmar que 70% dos modelos expostos eram de aviões e as outras categorias se dividiam entre os 30% restantes. Poucas embarcações, apesar da piscina com os barcos rádio controlados, pouca ficção. Achei que iria ver mais figuras, mas não foram muitas.

Mas os kits de militaria estavam muito bem montados. Muito aftermarket utilizado nos kits. Provavelmente pelo acesso e o custo destes. As escalas menores, 1/72, 1/48 e até 1/144 tinham muitos kits. E nota-se a evolução dessas escalas, cada vez mais detalhadas e bem acabadas. Muitas bases, e bases muito bem feitas. A maioria dos kits na escala 1/35 estava exposta em bases, ou em pequenas vinhetas, com muitos acessórios e detalhes. E muitas figuras nos kits. Tripulações, civis, animais… Parece que é uma tendência dos modelistas contarem pequenas histórias com seus trabalhos. Algumas muito bem humoradas.

Vários dioramas chamaram a atenção. Mas, em minha opinião, o melhor trabalho que vi no evento foi um diorama que representava a captura de um canhão ferroviário alemão por um grupo de soldados americanos. Muito bem feito. As fotos, obviamente, estão aí em baixo. Outros sobre o Vietnam também estavam muito bonitos e um sobre a Guerra do Golfo também chamou a atenção.

Enfim, um evento que tem dimensões que nunca poderíamos imaginar, alta qualidade na construção dos kits, dezenas de lojas vendendo de tudo e muita gente participando. Quem sabe no ano que vem não montamos um grupo e vamos de novo pra lá? Vontade não vai faltar.

Em breve mais artigos sobre a viagem para Praga, que é uma cidade fantástica e passamos dias muito agradáveis por lá.

É isso aí !!!

Fernando Zavarelli

Posts Relacionados

2 Thoughts to “E-Day 2011 – Militaria”

  1. Olá Nando!

    Asssim como ao Lucas quero parabenizá-lo pela excelente cobertura do evento e pelas boas informações trazidas à nós.
    Conheço e já fiz contato com um fabricante daquela região chamdo RealModel, um cara fantástico com excelentes modelos de caminhões (principalmente) algumas figuras e acessórios todos em resina, alta qualidade de detalhes, porém com preços em Euros bastante assustadores.
    Gostaria de saber se ele esteve presente ao evento?
    Forte abraço!
    Osmarjun

    1. Osmar:

      Muito obrigado. Olha, esse nome não me é esranho, msa não me lembro de ter visto stand dele no E-Day. E o pessoal da República Tcheca é fera em resinas. Estivemos visitando uma fábrica que presta serviços para várias fábricas de kits, inclusive para a Eduard e CMK. Os preços realmente são altos, mas depois que você vê o trabalho, a pesquisa e o cuidado que eles têm para produzir as peças, passa a entender o motivo disso. Em breve o Lucas vai fazer um artigo sobre essa fábrica e você poderá ver como a coisa funciona.

      Forte abraço.

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.