Aviação Reviews 

Review – 1/72 MITSUBISHI Ki-30 Ann – AZmodel #AZ7359, #AZ7360 e #AZ7367

A aeronave,

O Mitsubishi Ki-30 (九七式軽爆撃機 Kyunana-shiki keibakugekiki), chamado pelos aliados de “Ann” foi um bombardeiro leve monomotor, equipado com trem fixo e asa baixa. O Ki-30 foi o primeiro avião do Exército Japonês a utilizar um motor radial de duas colunas, hélice de passo variável, porão de bombas interno.

O modelo foi desenvolvido em resposta a um requerimento do Exército Imperial Japonês para substituir o Kawasaki Ki-3, tanto a Mitsubishi quanto a Kawasaki apresentaram os seus protótipos em Dezembro de 1936.

O primeiro protótipo da Mitsubishi possuía trem retrátil, entretanto os testes em túneis de vento mostraram que o arrasto aerodinâmico provocado por um trem de pouso fixo era mínimo comparado ao peso e complexidade de um sistema retrátil, então os projetistas decidiram deixar o modelo com trem fixo.

O modelo operou no teatro de operações da China, onde teve grande sucesso, mas que de certa forma o fez ficar pouco conhecido no ocidente. Foram fabricadas 704 unidades, e no final da guerra muitas foram enviadas para treinamento de pilotos.

O modelo também foi utilizado pela força aérea da Tailandia, e pela República Popular da China, que possuía 3 aparelhos capturados e os utilizou até o fim dos anos 50.

 

Fontes:
Gunston, Bill (1999). The Illustrated Directory of Fighting Aircraft of World War II. Zenith Press.
Lake, Jon (2002). Great Book of Bombers. Zenith Press.

 

O kit,

São 42 peças injetadas em dois sprues, mais 5 peças em resina. As linhas de baixo relevo são finas e o rebites em tamanho correto. Os detalhes do interior estão moldados nas metades da fuselagem. Também há o piso do cockpit, bem como assentos e painel de instrumentos. Os detalhes do interior não são muito ricos, mas também não são fracos, eu diria que são justos para a escala.

O painel de instrumentos é bem detalhado. A única coisa que senti falta são dos cintos de segurança, que não estão moldados nos assentos, mas este é um detalhe fácil de ser resolvido.

As asas tem bons detalhes, com painéis em baixo relevo e rebites muito bem representados, porém como todo kit “short-run” não há pinos de alinhamento. Existem aliás alguns pinos de injeção de material que devem ser retirados para que seja possível montar as asas.

O encaixe do trem de pouso nas asas é feito simplesmente colando as pernas, existe uma marcação nas asas para isso, acredito que esta parte poderá ficar um pouco frágil e sugiro a colocação de pequenos pinos para melhorar a fixação.

O manual traz a montagem em 14 passos bem simples, mas não há indicação de marcas ou códigos de cores de fabricantes. Portanto um pouco de pesquisa será necessária

Os três kits possuem exatamente as mesmas peças, sendo diferenciados apenas pelas versões dos decalques. E falando em decalques a impressão é muito boa, sem excesso de verniz ou cores desalinhadas.

As transparências são boas e com os frames bem marcados.

Com certeza é um kit muito bom e que adiciona um item importante mas pouco conhecido da aviação do Exército Japonês, e como todo kit short run, é indicado para modelistas que já tem um pouco de experiência.

Onde comprar,

Este kit pode ser comprado nos revendedores da AZmodel, o preço médio do kit é em torno de 14 Euros (cerca de R$32,00) recomendo a Modelimex, por já ser patrocinadora do SprueMaster, Siga este  tutorial para saber como comprar na Modelimex.

Se você não sabe como fazer compras no exterior, recomendo a leitura destes dois tutorias:

– Fazendo Compras em lojas no Exterior

– Fazendo Compras no Exterior sem Cartão de Crédito Convencional

É isso aí pessoal, meus sinceros agradecimentos ao pessoal da AZmodel por enviar mais este kit para review !!

 

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

2 Thoughts to “Review – 1/72 MITSUBISHI Ki-30 Ann – AZmodel #AZ7359, #AZ7360 e #AZ7367”

  1. Ronaldo

    Lucas, muito bom o review. Como sempre, muito bem exposto e fotografado. Você falou sobre os trem de pouso ser fixado por contato. Mas, também não há encaixes para as asas. Será que a fixação não corre o risco de ficar flágil? Seria ou caso de colocar também um pino de reforço ou não é necessário?

    Outro ponto é a capota do cockpit. Poderia ser repartida para melhor visão do interior. Mas esse detalhe não é regra, vejo como exceção nos kits em geral.

    O terceiro ponto é a identificação nas caixas. A versão chinesa não traz a escala na tampa. A indicação “over china” é dúbia. Não fica claro que é da força aérea chinesa. Poderia ser do Japão em ação na China. Para quem é do ramo não há dúvida. O problema fica com os novatos. A caixa da versão japonesa não faz menção ao Japão e de novo, a identificação fica com as marcas nacionais na ilustração da caixa, já que, como no primeiro caso, também não há idenficação na ilustração na parte posterior da caixa.

    Porém, isso são pequenos detalhes que não comprometem, e no geral, parece ser um bom kit por um bom preço.

    Grato por nos trazer novidades.

    1. Obrigado Ronaldo,

      Sim, as asas também não tem pinos, essa é outra característica comum dos kits short run, mas como a área de contato é boa acredito que somente a cola será suficiente para fixar as asas. Só não recomendo o uso de cola de cianocrilato (TEK-Bond, Super Bonder…) nesses locais, pois com o tempo ela ressaca e acaba rachando. O ideal são as colas próprias de modelismo que “fundem” as peças.

      Quanto as ilustrações das caixas você tem razão não há indicação na parte frontal, e também alguns erros como da escala. Mas se o modelista olhar na parte de trás que já é possível ver quais pinturas/versões estão disponíveis. A parte de trás da caixa é o manual de pintura/decalques.

      Quanto ao canopy, com certeza, a exceção é quando eles vem separados…

      Obrigado pelos comentários 😀

      Plastiabraço !

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.