Militaria Reviews 

Review: 1/35 AMX-30B – MENG #TS-003

O AMX-30B,

Um consórcio entre a Alemanha, França e a Itália realizado no ano de 1956 tinha como objetivo projetar e construir um veículo de combate para uso geral. Conhecido como MBT (Main Battle Tank), o projeto previa a construção de um modelo com grande manobrabilidade e poder de fogo, entretanto o consórcio foi cancelado pouco depois, pois os interesses de cada país eram muito diferentes. Depois do cancelamento do consórcio a França desenvolveu o AMX-30, Alemanha o Lepoard I e a Itália passou a construir sob licença o norte americano M60A1, mas depois escolheu pelo Leopard I.

Os projetistas do AMX-30 focaram suas atenções em poder de fogo e manobrabilidade, e para isso deveriam reduzir o peso do MBT para que pudesse desenvolver maiores velocidades, conseguiram então um projeto final que possuía menos blindagem, entretanto um poder de fogo e capacidade de manobras excelentes, alcançando velocidades em torno de 65km/h. O AMX é o mais leve MBT de segunda geração, com peso de 36 Toneladas.

O primeiro protótipo foi construído em 1960, e o modelo entrou em produção em 1966, entrando em serviço com o exército Francês em 1967. Aproximadamente 4 mil unidades foram construídas, e foi exportado para países como Venezuela, Arabia Saudita, Grécia, Espanha, Chile, Qatar, Emirados Árabes e Bósnia. Os MBT´s do Qatar e da Arábia Saudita tiveram seu batismo de combate na Guerra do Golfo em 1991. Na década de 70 o modelo foi totalmente modernizado, com atualização em seu sistema de armas, instalação de sistema de mira laser e infravermelho, um novo motor foi instalado com 650hp, além de outras pequenas melhorias. Nos anos 90 ele foi novamente modernizado, dessa vez com foco na blindagem, utilizando um sistema de blindagem reativa chamado Brennus, o que resultou no modelo AMX-B2.

Um excelente walkaround do modelo pode ser visto aqui.

O kit,

Composto por aproximadamente 1160 peças, sendo 720 peças apenas para as esteiras, o kit é composto por 13 sprues, mais as peças para a torre e o lower hull, além de polycaps, e parte em photoetched.

A primeira impressão ao abrir a caixa do kit é: SENSACIONAL. A MENG vem aprimorando cada vez mais seus kits, e a qualidade e o cuidado tanto na embalagem quanto na produção do kit é excelente. Este kit foi desenvolvido com a ajuda do The Tank Museum, em Bovington, Inglaterra, e prova a preocupação do fabricante com a fidelidade do modelo. Para conhecer o The Tank Museum, clique aqui.

Um dos pontos mais interessantes na embalagem dos kits da MENG é a embalagem das transparências, que além de vir lacrada em um saco, ainda possui uma proteção extra com um plástico semi-adesivo.

Os sprues são injetados em verde-oliva, não há marcas de rebarbas os pinos de injeção. O que chama a atenção são as texturas na injeção, principalmente na torre e nas áreas de blindagem a própria injeção do kit já simula a  textura de metal. As transparências tem boa qualidade também.

Pontos de apoio, parafusos, tudo esta lá, acredito que pouco será necessário acrescentar em aftermaket para completar o kit. Detalhes como extintores, retrovisores, pás, machados, cabos de aço, tudo está presente.

A montagem do kit se dá em 32 passos, e é possível montar algumas partes em posições diferentes, como por exemplo os espelhos retrovisores e a luz de busca infravermelha.

O modelo tem esteiras totalmente funcionais, montadas no sistema Link-by-Link (LBL) e o kit trás algo que nunca havia visto anteriormente: uma ferramenta para ajudar a montar as esteiras, bem como a dobrar as peças em PE. Muito bom.

A suspensão é totalmente funcional, trabalhando por meio de barras de torção, e os rodeiros ficam livres utilizando os polycaps de borracha presentes no kit. O cano do canhão é bi-partido porém não será muito complicado montá-lo. Um peça de borracha faz o acabamento na parte inferior da torre, exatamente como no modelo real.

Os decalques são de ótima qualidade, impressos pela italiana Cartograph e permitem fazer duas versões, sendo elas:

Como dizem, fotos dizem mais do que palavras, então vamos a elas (96fotos – 2 galerias):

 

Onde comprar,

Este kit pode ser comprado na Hobbyeasy, e o preço médio é em torno de U$42,00 + frete (cerca de 85Reais).

Se você não sabe como fazer compras no exterior, recomendo a leitura destes dois tutorias:

Fazendo Compras em lojas no Exterior

Fazendo Compras no Exterior sem Cartão de Crédito Convencional

Meus agradecimentos a MENG por ter enviado mais este kit para review e até a próxima!

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

4 Thoughts to “Review: 1/35 AMX-30B – MENG #TS-003”

  1. Sem comentários…..

    A MENG está mandando muito bem nos lançamentos e no caso dos PEs, mandar uma peça para ajudar a dobrá-los é muito bom (só vi isso num DD 1/350 da Trumpeter, e isso pois era uma peça complexa mesmo!).

    Mas o que me agradou de verdade é o sistema das esteiras, pelas fotos vejo que é bem tranquilo montá-las, deixando-as funcionais. Sempre tive medo de usar esse tipo de L-B-L pois na prática, era colar para ela ficar já na posição, medo de estragar tudo!

    Pelas fotos vejo que vem a culatra do canhão, é isso mesmo?

    Bom, agora é desarmar a ratoeira, mandar o escorpião dar uma volta e fazer o pedido do meu kit!!!!

    Se esse AMX-30 já deu água na boca, fico imaginando aquele AUF.1 com interior completo!!!!!

    1. Oi Anderson,

      O kit é excelente, vale cada centavo.E sim, vem a culatra do canhão.

      A MENG está mandando muito bem!

      Plastiabraço.

  2. Paulo Henrique - kogyro

    Review Sensacional, Lucas tá de parabéns.

    Parece que de fato a Meng acertou na mosca hehehe.

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.