Acessórios e Pintura Montagens & Tutoriais Tutoriais 

Utilizando Tintas Gunze Sangyo Acrílica – Tutorial

Tudo o que vou escrever é baseado em minha experiência, utilizo tintas acrílicas Gunze e Tamiya há mais de 10 anos, e sei que muitos outros modelistas utilizam métodos e técnicas diferentes, portanto este tutorial não tem como objetivo ser um uma referência definitiva sobre o assunto.

Sempre digo que no modelismo cada um tem a sua fórmula mágica, o seu jeito de melhor utilizar os materiais, e simplesmente não existe uma maneira única que funcione com todos. O mesmo vale para as tintas, esta é a tinta e a técnica da qual melhor me adaptei, mas isso não significa que possam existir tintas ou técnicas melhores por aí, minha recomendação é: Pesquise e Experimente, e assim escolha aquilo que melhor se adaptar.

Se quiser saber mais sobre tintas de modelismo, eu já escrevi um tutorial aqui no blog falando sobre o assunto, clique aqui.

Vamos ao tutorial.

Apresentação.

As tinta Gunze Acrílica  Aqueous Hobby Color é apresentada em  151 cores, que compreendem também os padrões, Federal Standard, RLM e RAL.  Uma tabela de cores da Gunze pode ser encontrada aqui (atenção para o quadro no final da página que explica a nomenclatura das tintas).

Cuidado para não confundir com a linha de tintas Esmalte Sintético da mesma marca, estas se chamam Mr Color.

A grande maioria das cores possui acabamento brillhante (gloss) ou semi-brilho (semi gloss), algumas tem acabamento fosco (matt), como o acabamento já é brilhante ou semi brilhante o uso de verniz antes da aplicação dos decalques ou do wash é totalmente dispensada.

Quanto à validade não sei dizer, mas tenho potinhos com cerca de 4 anos de uso sem problema algum. Apenas guarde em um local protegido do calor e da luz.

 Diluição

Solvente – O melhor solvente é o produzido pelo fabricante com absoluta certeza, nesse caso o recomendado é o Aqueos Color Thinner, que pode ser encontrado em potes de 110ml (T110) ou 410ml (T111).

Como é praticamente impossível encontrar esse solvente no Brasil e por um bom preço, a solução é encontrar algo que possa substituí-lo com eficácia, no meu caso utilizo Álcool Isopropílico.  Para melhorar a adesão e facilitar o trabalho de pintura utilizo o retardador da Marca Tamiya (Tamiya Paint Retarder (87114). Lembrando que o acabamento melhora muito se utilizar primer antes da pintura, veja este tutorial que escrevi sobre primers clicando aqui.

Proporções de diluição

A diluição padrão recomendada pelo fabricante (em manual) é de 1:1.5 a 1:2.

Eu utilizo a diluição mais fina, pois prefiro dar várias demãos de tinta fina do que uma de tinta grossa, portanto sempre utilizo algo em torno de 1:3 ou 1:4 (tinta : solvente), e adiciono mais 10% de retardador à mistura. Um exemplo prático:

20 gotas de tinta

60 gotas de solvente

8 gotas de retardador

Uma caraterística interessante desta tinta é que mesmo depois de diluída você não irá perdê-la e poderá voltar o conteúdo diluído não utilizado para o pote de tintas sem problemas. Isso é algo que não se pode fazer com tintas Esmalte por exemplo.

Para uso no pincel é muito boa também, veja o acabamento que fiz neste cavaleiro templário totalmente no pincel, link aqui. Para utilizá-la no pincel dilua com Windsor & Newtom Acrylic Flow Improver.

Aplicação

A aplicação se faz com pressão em torno de 10 – 15psi, não há segredos ou truques. Apenas não recomendo a pintura em dias úmidos (chuvosos), e se for pintar em dias mais secos e quentes o retardador é recomendado.

Entre uma demão e outra o ideal é esperar algumas horas, algo em torno de 3-4 horas, como eu sempre tenho mais do quem um kit na bancada sempre dou um espaço de pelo menos 24hs entre uma demão e outra.

O mesmo vale para os vernizes da marca, com a diferença que para aplicar o verniz eu espero pelo menos 72h antes de aplicá-lo.

Alguns exemplos de kits pintados com estas tintas.

Todas as minhas montagens utilizam estas tintas, você pode ver clicando aqui

Para fazer o wash utilizo tinta óleo diluída com Terebintina, pois ela é mais fraca que os solventes (mesmo o Ecosolv) e não ataca a tinta. Já testei também o Wash da Tamiya sobre esta tinta e não houve problema.

 Limpeza

A limpeza é muito simples e fácil, para não repetir o assunto, também já publiquei aqui no blog um tutorial sobre limpeza do aerógrafo, clique aqui.

 Remoção

Se por ventura errar a pintura a maneira mais rápida e limpa de fazer é deixar o kit mergulhado por uma noite em uma solução de sabão em pó e água.

Onde comprar

No Brasil estas tintas custam em torno de 10 a 15 Reais, quem importava para o Brasil era a HTC, mas infelizmente há muitos anos ela deixou de importar (eu era comprador assíduo), hoje em dia vez ou outra encontramos em alguma loja por aí.

No exterior meu fornecedor é a Hobbyeasy. O preço médio de cada potinho é de cerca de pouco mais de 3 Reais. Porém outras lojas também vende, e no Ebay também é fácil de encontrar.

Dicas e Ferramentas úteis

Bolinhas de aço

Estas bolinhas ajudam na hora de agitar as tintas, podem ser encontradas em lojas de bicicletas, custam em torno de R$0,001

Paint Shaker (#411)

Este equipamento é um dos melhores investimentos que já fiz, ao invés de agitar a tinta com as mãos, basta 15 segundos no Paint Shaker. Fabricado pela Robart, preço médio em torno de 45 Dólares.

Mr. Cap Opener (GT56)

Esta é outra ferramenta muito útil, abre os potinhos de tinta Acrílicas e Esmalte, funciona também para os potinhos da Tamiya. Custa apenas 16 Reais na Hobbyeasy, para comprar clique aqui.

Para abrir um potinho de tinta basta segurar usando o silicone (parte azul) em uma das mãos e abrir a tampa usando a ferramenta, chega de sofrer!

Armazenamento

Uma dica interessante é colocar etiquetas nas tampas dos potes e organizá-los em sequência numérica dentro de sua gaveta, isso facilita em muito encontrar as tintas necessárias.

 

Espero que as informações sejam úteis e até a próxima!

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

66 Thoughts to “Utilizando Tintas Gunze Sangyo Acrílica – Tutorial”

  1. Flavio

    Olá Lucas.O verniz brilhante da gunze dilui com vidrex ou usa direto? Se diluir é o ponto de leite mesmo? A limpeza do aerógrafo tb pode ser vidrex?

    1. Bom dia Flavio,

      Conforme expliquei no artigo o recomendado para diluição de tintas Gunze é Álcool Isopropílico. Eu uso Veja Vidrex somente para limpeza do aerógrafo.

      Um grande plastiabraço e boas montagens!

  2. Rafael Pinto

    Lucas, desculpe te incomodar novamente..rs
    Não achei aqui no Brasil o verniz da Gunze. Você acha que o revell 36101 tem o mesmo efeito?
    Obrigado!

    1. Rafael, fica tranquilo, o importante é ajudar.

      Se você conseguir o Tamiya o efeito é muito bom, o da Revell nunca usei, então não posso opinar. O da Testors já usei e também tem um acabamento bem interessante. Já usei o da Italeri e só consegui um resultado um pouco melhor usando o solvente deles, que está difícil de usar.

      Veja o que consegue encontrar e me informe.

      1. Rafael

        Olá Lucas! Desculpe a demora!
        Não consegui achar absolutamente nenhuma das marcas aqui no Brasil! 🙁
        Alguma sugestão onde posso conseguir?

        Abs.!

        1. Bom dia Rafael,

          Tente contato com a Hobbyone, eles são os importadores, talvez possam dizer quais lojas ainda tem as tintas.

          Plastiabraços!

  3. Rafael

    Lucas, boa tarde!
    Eu utilizo estas tintas e estou procurando que nem louco um verniz que deixe o acabamento exatamente como no avião da DHL, ou seja, bem brilhante!
    Eu monto automóveis e utilizo estas tintas devido ao cheiro que as automotivas deixam, mesmo pq moro em apartamento.
    A pergunta que não quer calar: como e qual verniz utilizar para deixar brilhante?
    Obrigado pela ajuda!

    1. Boa noite Rafael,

      Esse acabamento deste avião da DHL foi conseguido com o verniz brilhante da Gunze (H-30). Não tem segredo, é só aplicar com pressão baixa (10-12psi)

      Plastiabraços!

      1. Rafael Pinto

        Perfeito!!! Bom saber! Eu pensei em usar o tal acrilex, mas acho que esse sairá melhor!
        É necessário diluir esse verniz?
        Para as tintas deles, eu diluo com isopropílico também.

        Muito grato, Lucas!

        1. Rafael,

          Pode usar o verniz da mesma maneira que a tinta, sem problemas.

          Plastiabraços!

  4. Antonio Lima

    Bom dia Lucas, as MR hobby aqueous e as tamiyas acrilicas, para pintar pequenos detalhes tipo acabamento em painéis cockpits ou outros detalhes pequenos que não necessite um bom acabamento como em figuras, elas podem ser usadas no pincel com algum diluente sem ser o da W&N? Pergunto pois como disse seria para utiliza-las no pincel em pequenas áreas, tipo manche, assento, pneus e outros pequenos detalhes… será que diluindo bem pouco com o próprio diluente delas, será que me atende? ou teria outro que vc indicaria para usa-las no pincel? grato!

    1. Bom dia Antonio,

      Já cheguei a utilizar estas tintas para detalhes pequenos como esse direto no pincel, também dá certo. Mas as melhores tintas para usar direto no pincel sem precisar de nada são as Vallejo model Air (as cores batem certinho com as Gunze) e as tintas da Humbrol (enamel).

      Plastiabraço e boas montagens!

  5. Silvio Melo

    Boa Noite Lucas,

    Muito legal suas informações e dicas, estou interessado em adquirir um aerógrafo para pintura de iscas artificiais de pesca ( madeira, plasticas, acrílico), essas iscas medem de 5 a 15 cm…
    Gostaria de uma dica sobre qual tipo de aerógrafo utilizar e que tipo de tinta pega bem no caso das iscas de acrílico e polietileno..

    grato desde Já Silvio Melo

    1. Bom dia Silvio,

      Obrigado pelo seu comentário 😀

      Quanto a sua questão recomendo os aerógrafos da STEULA, os modelos BC-60 ou BC-61 atendem perfeitamente o que você precisa, aqui no Blog já fiz um vídeo review deles, clique aqui.

      Para a tinta, meu conhecimento é limitado ao modelismo, e peixes eu só tenho em aquário hauhauah (também sou aquarista), porém eu acredito que no seu caso você pode usar tinta automotiva devido a resistência que elas apresentam, as tintas de modelismo não tem muita resistência ao toque por exemplo (são feitas para modelos estáticos, ou seja para não ficar manuseando).

      Minha recomendação é que faça uns testes com tinta automotiva, e não se esqueça de usar os equipamentos de proteção adequados, como uma máscara VO, pois estas tintas são tóxicas.

      Um grande abraço e boa pescaria!

  6. Carlos Alberto

    Boa tarde a todos.

    Vou compartilhar aqui um produto que é barato, que é encontrado e todo tipo de lugar que funciona de maravilha para as tintas gunze, revell tb ( acrilícas digo ) serve tanto para limpar pinceis, aerográfos também ao mesmo tempo, Limpa vidro, Vidrex que achamos em supermercado.

    Uso já a uns anos ele para isso e funciona muito bem, menos nas tintas tamiya.Mas nas acrilicas tipo revell, gunze, humbrol, e testors/model masters que são as que uso, em todas elas funciona muito bem.

    Espero que sirva de ajuda pois a anos atrás também tive essa dúvida/problema de achar os diluentes dos fabricantes e lembro que vi em um forum uma pessoa comentando isso que os limpa vidros tem um componente quimico que é usado pelos fabricantes para diluir, não me lembro agora qual.Eu não botava muita fé até fazer o teste.

    Espero que sirva de ajuda galera, abraços

    1. Boa noite Carlos,

      O limpa vidros é uma sim uma alternativa, mas como disse no artigo: “Como é praticamente impossível encontrar esse solvente no Brasil e por um bom preço, a solução é encontrar algo que possa substituí-lo com eficácia, no meu caso utilizo Álcool Isopropílico.”.

      Sempre utilizei o Isopropílico sem problemas, é barato e fácil de encontrar e funciona 100x melhor que o Vidrex, que na minha opinião nada mais é que sabão rsrsrs particularmente não gosto dessa alternativa, mas tem muita gente que usa sim, principalmente com tinta Acrilex.

      Na falta de todos não podemos esquecer que estas tintas são solúveis em água!! Aliás as tintas acrílicas da Testors ficam com um acabamento perfeito usando água.

      Minha dica é para que o modelista sempre faça um teste usando produtos alternativos e veja qual melhor se adapta, lembrando que nenhum deles substitui o produzido pelo fabricante. Outro ponto para lembrar é que o acabamento muda, e muito, com cada um deles. Algumas tintas inclusive, a Italeri por exemplo, mudam a tonalidade dependendo do tipo de solvente que usar, aqui no Blog já fiz um artigo mostrando isso.

      Valeu pela dica!!

      Plastibraços

  7. Lucas

    Esqueci de mencionar que utilizo wash da Vellejo, acrílico à base de água.
    Abraço

    1. Lucas, dos washs prontos de mercado o melhor que já uitlizei é da MIG Productions, usei sem problemas por cima da tinta Gunze.

      Para remover eu uso algodão ou papel toalha, mas eu não aplico muito sobre o kit, geralmente pego um pincel e passo somente dentro dos painéis, sem passar por todo o avião.

      Plastiabraço!

      Plastiabraços!

      1. Lucas

        Obrigado pela informação, cara.

        Você sela os decalques com algum verniz brilhante (se sim, qual?) antes de aplicar o wash? Esse wash é a base de óleo? Você usa o algodão ou o papel toalha seco ou embebido em algo?

        Vi um tutorial em que o cara recomendou usar aguarrás para tirar excesso de wash à base de óleo. Sabe se o aguarrás vai reagir com a gunze?

        Não gostei muito do wash da Vallejo. Não corre bem e a aparência depois de seco é “rugosa”, como se em alguns pontos tivesse mais pigmento que outros. Já ouvi mesmo falar muito bem da MIG, tive até interesse de comprar washes e pigmentos dela, mas não achei aqui e acabei desistindo. Onde você consegue os seus?

        Esses washes da MIG devem ser diluídos em algum solvente?

        Me desculpe pela enxurrada de perguntas e muito obrigado pela ajuda.

        1. Opa, vamos lá

          Para selar os decalques, eu não passo nada por cima deles quando vou fazer o wash. Somente depois de feito tudo, passo verniz em todo o kit. O algodão e o papel toalha são usados para secar o wash, então não passo neles antes.

          Nunca usei aguarrás por cima da Gunze, teria que testar.

          Sim, o wash da Vallejo vai bem só se diluir ele com o diluente da Vallejo, caso contrário ele fica meio esquisito mesmo.

          Os materiais da MIG comprei direto deles no site, mas aqui no Brasil talvez você encontre na Brasil Miniaturas. Não precisam diluir, já vem pronto pra usar, se quiser diluir, eles tem um diluente próprio.

          Quanto as perguntas, fique à vontade, no que eu puder ajudar conte comigo!

          P.S. Compre algumas tintas óleo e terentina para diluir e faça um teste. Usei wash dessa forma por muito tempo. Tenha sempre um kit sucatinha pra fazer uns testes antes de partir pro kit, isso também ajuda.

          Plastiabraços!

      2. Lucas

        Ei Lucas, tranquilo?

        Fui testar a técnica hoje. Usei tinta à óleo da Acrilex da linha Oil Colors Classic e terebintina da mesma linha, diluindo até formar uma “água suja”. Testei sobre um “kit teste” pintado com Revell acrílica, sempre aplicando em pontos sobre as linhas para que o wash escorresse e só passando o pincel sobre pontos de rebites, e eis o resultado: Fui tentar remover o excesso poucos minutos depois e a tinta Revell que estava por baixo da óleo começou a sair também. Repeti o processo em outra área, dessa vez deixando a tinta por uma hora e meia, e ela acabou por não sair. Fiz alguns testes e percebi que a terebintina reage com a Revell, e com a Gunze acrílica de maneira ainda mais forte (mesmo testando em sprues que estavam com as tintas ha meses). Das tintas que tenho aqui, a terebintina só não reagiu com as Model Masters (essas diluídas em água).

        O que pode ter acontecido? Será que diluí errado? Ou é a terebintina dessa linha que é mais forte que o normal? Ou é a maneira que eu pinto com as acrílicas (a pintura é feita com diluentes da própria marca, a aerógrafo, a uma pressão em torno de 15 psi)?

        Muito obrigado pela ajuda.
        Abs

        1. Bom dia Lucas,

          Estranho, porque sempre usei essa técnica e nunca tive problemas. Quanto tempo está esperando a tinta secar antes de fazer o wash?

          plastiabraço!

        2. Lucas

          Todos os testes foram feitas em tintas aplicadas ha mais de mês.

          Abs

          1. Bom dia Lucas,

            Muito estranho isso, chegamos num ponto que eu teria que fazer junto com vc para ver. Acho que não tenho mais dicas pra dar srsrsr

            Plastiabraço!

        3. Lucas

          Bom dia,

          Uma coisa que eu esqueci de mencionar é que eu não uso primer, uso no lugar dele um tom de tinta mais claro, mas acho que isso não influencia no wash.

          Pode ser a terebentina. Vou testar outra. Qual marca q vc usa?

          Outra coisa que pode resolver é selar com tinta transparente acrílica da Model Master.

          Muito obrigado pela ajuda!
          Abs

  8. Lucas

    Cara, seu blog é muito bacana. Segui suas orientações para clarear decais amarelados e funcionou em todos que coloquei pra clarear.

    Minhas dúvidas agora são as seguintes: como você faz washing? Usa verniz acrílico para selar a tinta e os decais antes de aplicar o wash, ou de outro tipo (enamel, laca, etc.)? O que você usa para retirar o excesso de wash depois?

    Meu problema é que usei vidrex para retirar o wash depois de aplicado sobre duas camadas de verniz brilhante acrílico da própria Gunze (H30), e ele atacou a tinta que estava por baixo (gunze tbm), desbotando ela em uns pontos.

    Foi a primeira vez que usei vidrex sobre Gunze. Tinha usado antes sobre Revell acrílica sem maiores problemas.

    O que você me sugere para evitar esse problema?
    Obrigado, e continue contribuindo com esse excelente blog!

    1. OI Lucas,

      Fico muito contente em saber que o Blog é útil e que você gostou do conteúdo, isso me motiva ainda mais a continuar com o trabalho árduo de mantê-lo no ar.

      Quanto a sua dúvida a regra básica que sempre sigo é utilizar para o wash uma tinta completamente diferente da que usei na pintura, por exemplo, se usei tinta acrílica (gunze, tamiya, vallejo, etc) vou usar tinta esmalte para fazer o wash ou vice e versa, justamente para não correr o risco de acontecer isso que aconteceu com você do wash reagir com a tinta.

      Para tintas Gunze, eu sempre faço wash usando tinta óleo diluída com Terebentina (você acha em casas de artesanato) é bem barato e ela não agride a tinta. Assim não terá problemas.

      O vidrex eu uso somente para limpeza do aerógrado e demais coisas, nunca como diluente, pois pra mim ele é sabão e não diluente rssrsr.

      Plastiabraços e boas montagens!

      1. Lucas

        Cara, finalmente consegui!! Ficou legal, sem manchas. Usei Ecosolv. Aguarrás também serve, mas agride um pouco a tinta. Não sei por que, mas não me adaptei à terebentina. Muito obrigado pela ajuda, vc me ajudou a resolver um dos poucos problemas que ainda tinha no hobby. Uma dúvida: depois do wash vc é necessário fazer alguma coisa antes de aplicar o verniz acrílico pra selar? Tipo, ele vai reagir de alguma forma com o pouco de “óleo” da tinta e do solvente que fica, ou pode aplicar o verniz direto?
        Abraço.

        1. Opa, que ótima notícia Lucas!!

          Depois do wash não precisa nada, só espere secar bem (tinta óleo costuma demorar um pouco) e depois aplique o verniz normalmente.

          Fico contente em saber que pude ajudar.

          Boas montagens e um grande plastiabraço!

  9. Fred Senna

    Posso diluir com thiner comum? Logicamente uma boa marca.

    1. Oi Fred, obrigado pelo seu comentário.

      Os diluentes mais indicados são os que falei no artigo, devido ao thinner comum ser tóxico e eu ter problemas de exaqueca por causa do cheiro eu nunca testei se elas dão certo com ele, neste caso minha recomendação é você testar, e nunca se esqueça de usar EPI!!

      Plastiabraços!

  10. roberto

    ola Rizzi,
    só uma correçao na sua materia. As tintas Mr Color nao sao “enamel”, sao tambem tintas de base acrilica (poliester)mas nao soluveis em agua, e sim em solventes mais fortes (alcooides e ou acetatos)
    Sao totalmente diferente dos esmalte.
    abs

    1. Oi Roberto, eu uso essa nomenclatura “acrílica” para tintas solúveis em água/álcool/solvente próprio e “esmalte” para tintas solúveis em thinner/solvente próprio somente para fins didáticos, para ficar mais fácil para o leitor entender o que é uma e o que é outra.

      Segundo a própria Gunze ambas são “Lacas” porém solúveis em materiais diferentes. Eu evito ficar usando termos técnicos demais para não confundir a cabeça dos leitores, principalmente dos inciantes!

      Plastiabraço e boas montagens!

  11. Carlos Alberto de Oliveira Torres

    Salve Lucas,
    Você tem conhecimento de algum problema entre esta tinta e a fita de mascaramento da Tamiya?
    Minha pergunta se prende ao fato de que isto aconteceu num kit que estou montando. A pintura que antes estava lisa e brilhosa, depois que tirei a máscara ficou totalmente rugosa e fosca. Acho que o adesivo da fita reagiu com a tinta.
    Antecipadamente obrigado por qualquer ajuda.

    1. Oi Carlos,

      Tive um problema assim uma vez quando pintei um avião comeecial, depois de uns dias a pintura voltou ao normal.

      Não faça nada por enquanto aguarde alguns dias e veja se volta ao normal.

      Isso aconteceu comigo apenas uma vez. Não tive mais problemas.

      Plastiabraços!

  12. Carlos Alberto de Oliveira Torres

    Estou montando uma Penske PC6 onde exitem 4 cores : branco, vermelho, azul e preto fosco, ou seja, muito trabalho de mascaramento para ser feito. Pintei a carroceria de branco e apliquei as máscaras com a fita da Tamiya e apliquei o vermelho. Quando retirei as fitas… Desgraça, o adesivo da fita reagiu com a tinta. A pintura, antes lisa e brilhosa, ficou totalmente rugosa e fosca.
    Você tem alguma idéia do que possa ter aconte1cido? Você tem histórico de alguma informação acerca deste problema?
    Antecipadamente obrigado por qualquer ajuda.

  13. Carlos Alberto de Oliveira Torres

    Salve Lucas,
    Estou montando uma Penske PC6 onde exitem 4 cores: branco, vermelho, azul e preto fosco, ou seja muita máscara para ser aplicada. Pintei o kit com tinta acrílica branca, mascarei com a fita da Tamiya para pintar a próxima, a vermelha, quando retirei a máscara… desgraça, a cola da fita reagiu com a tinta e a pintura ficou toda rugosa e totalmente fosca.
    A tinta já estava bem seca (estava pintada havia 5 dias, e o tempo estava quente).
    O que pode ter acontecido? Você tem algum histórico deste tipo de problema?
    Antecipadamente obrigado por qualquer ajuda.

  14. lyrio regis

    Tive problemas com a Mr. Color GX gloss com o aerógrafo: o acabamento ficou fosco. A tinta saiu muito fina e não ficou brilhante. Utilizei em dia seco, com thinner recomendado (com retardador). Ainda não consegui corrigir o problema.

    1. Boa Tarde Lyrio,

      Se não me engano as tintas da série GX são esmalte sintético, eu não tenho muita experiência com elas, pois o cheiro do solvente me ataca a enxaqueca. Mas penso que um dos problemas pode ter sido a diluição ou a pressão que você utilizou, uma vez que você utilizou o solvente correto (produzido pelo fabricante)

      No caso de tintas escuras como o preto a diluição pode ser 3:1 ou até 4:1 (tinta:solvente) e a aplicação deve ser com no máximo 15psi de pressão (eu aplico sempre com 10-12psi), prefiro ir aplicando camadas leves, pelo menos duas demãos finas ou até uma terceira quando necessário.

      Tente fazer um teste usando desta forma,

      Plastiabraços!

    2. roberto

      ola, desculpe minha intromissao no post, mas gostaria de esclarecer, ou ajudar nessa confusao com as tintas gunze, ja que tenho 35 anos de modelismo e uso tintas da gunze desde 1992 !

      mais uma vez se fez referencia a MR color como esmalte sintetico. As tinas Mr Color GX nada mais sao do que as Mr Color normais, com as cores feitas para Gundam, e tem um acabamento brilhante (teoricamente). A sigla GX significa somente que sao cores para serie Gundam, nada mais. Mais uma vez friso que essas tintas nao sao esmalte sintetico, sao tintas laca, de base poliester.

      Sem usar “termos técnicos”, esmaltes sinteticos ( de modelismo- humbrol, revell, tamiya frasco quadrado, model master enamel) sao tintas a base de terebentina,como tintas óleo, que é um solvente bem mais fraco que o solvente para lacas. Nao é porque os esmaltes podem tambem ser diluidos em thinner que sao iguais ou o mesmo tipo de tinta que as lacas.

      Mesmo as lacas como tamiya e gunze hobby color, soluveis em agua, sao totalmente diferente das tintas lacas nitrocelulosicas (duco), lacas acrilicas (acrilico automotivo) e as tintas de poliester e poliuretano tambem automotivas.

      Esmalte sintetico apesar de poder ser diluido em thinner, nao faz parte dessa categoria de tintas Laca. Esmaltes sao tintas derivadas do óleo, a base de terebentina ou solventes derivados.

      Para saber se as tintas sao da mesma nomenclatura é facil, tente misturar tinta Mr color com tinta da humbrol (que é realmente esmalte sintetico) .Ou misture tinta tamiya acrilica com tinta automotiva acrilica, ou duco, e veja o que acontece.

      Essa serie GX que é vendida como brilante, na verdade nao puxa o brilho direto pintando. Por serem tintas de secagem rapida (poliester), mesmo usando o solvente com retardador elas nao secam brilhante. Ate mesmo usando o Mr Color Leveling thinner sera difícil a tinta ficar brilhante.

      o esmalte sintetico (tamiya X1 vidro quadradinho) ou a tinta acrilica tamiya (X-1 acrilica) vai deixar o acabamento brilhante sem precisar de verniz. Usando tintas Mr Color ou Hobby color vai ser dificil esse brilho sem o uso de verniz. Voce pode misturar o verniz Clear da propria gunze na tinta preta, ou aplicar o clear, ou verniz por cima.
      Uma tinta que voce conseguiria puxar o brilho ja na pintura seria o Duco, vende na Horiginal. As tintas duco, sao automotivas, forte, pode atacar o plastico, mas se pintar com camadas finas e com cuidado, da pra puxar o brilho.

      Desculpe mais uma vez a invasão do post mas queria esclarecer essas duvidas que estao confusas.
      espero ter ajudado
      abs

  15. Carlos Torres

    Lucas,
    Quando você pinta a pincel, qual a quantidade do acrylic
    flow improver você utliza?

    1. Carlos não tem assim uma fórmula, mas você pode começar testando uma gota de flow improver para cada 2 ou 3 de tinta… isso varia muito da cor, da temperatura do dia que estive pintando, você vai ter que experimentar para encontrar o ponto.

  16. Paulão -Tchwrma

    Eu sempre fui um fã incondicional das tintas acrílicas da Tamiya. Aí, por influencia do Eduardo Blanco, que me disse que as Gunze eram melhores ainda que as Tamiya, comecei a comprá-las nas cores em que não tinha equivalência com as Tamiya. E pude comprovar, diluindo as Gunze no Laquer Thinner da Tamiya, que realmente fluem melhor no aerógrafo(eu nem uso retardador), não entopem, tem uma cobertura perfeita e depois de curadas(uma semana) não saem do kit nem a pau.
    Agora com a sua notícia de que a Hobby-one vai importá-las, fiquei contente.
    Recomendo fortemente essas tintas.
    Ah, só tenham cuidado ao pintar com as Gunze, se pretender usar uma camada de Future pra selar, porque eu, além de outros modelistas já tivemos o craquelamento da pintura depois de tudo pronto. Parece que o Future não reage muito bem com as tintas Gunze.
    Obrigado pelo excelente tutorial, Lucas.

    Abraços, Paulão.

  17. Helerson

    Grande Lucas!

    Ótima matéria com referência a esta excelente tinta.
    Gosto muito de trabalhar com ela. Cobrimento perfeito e a capa, é lisa e impecável mesmo nas foscas. As semi brilho são um show a parte.
    Um pergunta, vc já utilizou os vernizes da Gunze (O H20 e o H30)?
    Continue nos presenteando com excelentes matérias.
    Seu blog é sempre minha fonte de consulta.
    Forte abraço.

    1. Oi Helerson,

      Eu sou um grande fã destas tintas, são realmente muito boas, as Testors Acrílicas são muito boas também, pena que ambas sejam ruins de encontrar por aqui. Quanto aos vernizes sim, são estes que eu utilizo, olhe lá na seção “Na Bancada” e você verá alguns kits que eu montei usando tintas e vernizes Gunze.

      Plastiabraço!

  18. Gil

    Oi Lucas

    Eu tenho algumas dúvidas sobre a tinta Mr Hooby. Ela é também conhecida como tinta Gunze Acrílica Aqueous Hobby Color? Ela também tem disponivel acrilica fosca?

    Um abraço

    1. Oi Gil,

      A Gunze tem duas linhas de tintas, as acrílicas (aqueos) e as enamel (Mr Color) cada uma delas tem um diluente diferente, você pode ver mais detalhes sobre elas aqui mesmo no blog neste link:

      https://www.spruemaster.com/2010/06/aerografosparte_3/

      As cores seão disponíveis foscas (flat) ou brilhantes (gloss)

      Plastiabraço!

  19. Hebert

    Ola Lucas lindo trabalho ,,esse seus aero e feito de resina?

    1. Oi Hebert,

      Que bom que gosto 😀

      Eu monto kits de várias “mídias” a resina é uma delas, mas a grande maioria dos kits que monto são os padrões mesmo de plástico.

      Plastiabraço!

  20. Wilson "Shepard"

    Lucas, realmente como o fernando disse, o resultado nas aeronaves é fantástico…
    obrigado por compartilhar

    Shep

    1. Sim, essa tinta é muito boa Shepard, pena que não exista mais importador para ela no Brasil 🙁 🙁

      Plastiabraços!

    2. Wilson "Shepard"

      Tenho umas perdidas aqui na bancada…ainda dão pro gasto…vou testar com ctz

      1. Testa elas, vai que gosta 😀

        Eu sou fã destas tintas hehehe

        Plastiabraço,

  21. Fernando Galdiano

    Ótimas dicas realmente ! Valeu, Lucas ! Eu nunca utilizei estas tintas, mas com estas suas dicas e estas fotos, dá pra ver que são de excelente qualidade. Gostei do semi-brilho que elas dão nas pinturas de aviões.

    Show.

  22. Francisco "X-cão" Garcia

    Lucas, ótimas dicas!

    []´s

    X

  23. Silvio Lima

    Lucas como sempre,seu blog nos ajudando muito,obrigado pela iniciativa!!!!muito legal este artigo,e a propósito onde posso encontrar as tinta Mr collor? Um abraço.

    1. muito obrigado Silvio,

      Fico contente em saber que as informações são úteis.

      plastiabraço!

  24. Claudio

    Nota mil teu Tutorial! Aliás, quase tudo que sei de Gunze aprendi com vc.

    Um abração.
    Claudio

    1. Obrigado Cláudio,

      E eu fico contente em poder ajudar 😀

      Plastiabraço!

  25. Sergio Lima

    Lucas se me permite sugerir, eu uso pra misturar tintas um mini misturador pra capuchino,à pilha, que custa somente 5R$ em lojas de 1,99.
    Basta retirar a molinha da ponta, (que faz a espuma do capuchino) e apertar com alicate um pouco pra diminuir o diametro.
    Mistura bem pracas a tinta.

    1. Ótima sugestão Sérgio!!!

      Obrigado pela dica 😀 😀

      Plastiabraço

  26. odecio nunes pereira

    Olá Lucas!

    Qual a diferença entre o thinner 110,mr-color e o leveling thinner.
    obrigado
    abraço,Odecio

    1. Odecio vamos lá:

      Thinners T101, T102, T103, T104, T106 e T108 são solventes para tintas Mr Color, ou seja tintas esmalte. O thinner T106 e T108 são os Mr Levening Thinner, que são solventes com retardador já misturados.

      O que muda de um código para o outro é apenas a quantidade de cada pote. Lemmbrando que estes thinners NÃO servem para as Gunze Acrílicas.

      Para as Gunze Acrílicas os solventes recomendados são os T110, e o T111, que também diferem apenas na quantidade que vem no pote.

      É isso aí!

      Plastiabraço!

  27. Paulo Henrique

    Lucas eu ainda não usei as tintas dessa marca, vou tentar encontra-las e tentar usar.

    Obrigado por mais esse artigo.

    1. Experimente! tenho certeza que ira gostar!

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.