Aviação Reviews 

Review: 1/72 Caprioni Campini N.1 Valom #72073

A aeronave,

O Caprioni Campini N.1 (também chamado de C.C.2) é o resultado de um projeto iniciado na década de 30, que levou a Itália a ser o segundo país do mundo a voar uma aeronave propulsionada por um motor à jato.

Secondo Campini propos a ideia de uma aeronave impulsionada à jato no ano de 1931 e desde então vinha fazendo seus estudos e projetos para viabilizar a construção de um protótipo, em 1934 ele conseguiu que a Regia Aeronautica aprovasse a ideia para comprovar a viabilidade do projeto, mas somente em 1938 ele conseguiu persuadir o Ministro da Aviação para que fornecesse uma verba para construção do protótipo.

O N.1 teve em seu desenvolvimento a participação do projetista Count Campini, que forneceu a segunda parte da verba para a construção do protótipo. Então, em 27 de agosto de 1941 o N.1 fez o seu primeiro voo.

O motor do N.1 era um pouco diferente do conceito de motor movido a reação que conhecemos atualmente, no N.1. o motor possuía um compressor de ar que era impulsionado por um motor a pistão V12 de 600hp, esse compressor impulsionava o ar para uma pequena câmara onde o ar era comprimido e misturado aos gases de combustível e então “aceso”. Atualmente este conceito é conhecido como ducted-fan, muito utilizado em aeromodelos rádio controlados.

O modelo chegou a realizar um voo de longa distância (476km) decolando em Milão e pousando em Guidona, nas proximidades de Roma. Na época serviu bastante como propaganda política de Mussolini, que inclusive esperava no aeroporto de Guidona a chegada do N.1.

Embora fosse uma tecnologia impressionante e futurista para a época, o N.1 provou não ser muito prático para o combate, o grande consumo de combustível aliado a baixa performance e velocidade não foram suficientes para que o projeto resultasse efetivamente em uma aeronave de combate, e nem mesmo o segundo protótipo foi capaz de mostrar melhorias no projeto. Entretanto o seu conceito de propulsão viria a ser a inspiração de outras aeronaves como o Russo MIG I-270 e a bomba suicida Japonesa Ohka.

Atualmente um dos protótipos está em exposição no museu aeronáutico de Vigna di Valle (clique aqui para ver uma foto) e o stand de testes de motor está exposto no museu de ciência e tecnologia de Milão (clique aqui para ver uma foto).

Um pequeno vídeo mostrando esta incrível aeronave.

O kit,

Este é um verdadeiro kit multimídia short-run, com peças injetadas, em resina, photoetched e vaccum-forming. As peças injetadas são 31 em um único sprue. Em resina são 2 peças, além do canopy em vaccum-forming e os menores detalhes em PE.

A injeção é a padrão de kits short-run, realizada à baixa pressão então com um acabamento um pouco grosso, não há pinos de alinhamento, as marcas de injeção são visíveis apenas do lado interno das peças. Os relevos são rebaixados, bem finos, e o kit representa bem as linhas de painel e os rebites, entretanto o acabamento é bem fino, acredito que durante o processo de montagem seja necessário refazer estas linhas, devido ao processo de lixamento das partes.

As partes em resina são o compressor e as rodas que estão bem moldados e sem problemas, o canopy está bem moldado em vacum-forming e duas peças são fornecidas com o kit, caso haja algum acidente no processo de montagem.

As peças em PE são basicamente os detalhes do interior, como pedais, painel de instrumentos, cintos de segurança e outros. Para complementar os detalhes do painel uma folha de acetato é fornecida com os instrumentos impressos. Achei estranho somente uma folha com os instrumentos, uma vez que o N.1 era biplace, acho que veio faltando no kit 🙁

Os decalques são impressos em silk-screen, e permitem duas  pinturas, a do primeiro protótipo, e a de demonstração.

O manual consiste em duas folhas A4 dobradas ao meio, com instruções bem claras e simples, e indicações de pintura para tintas Humbrol, Agama, Model Master, Gunze Sangyo e FS.

Certamente este não é um kit indicado para iniciantes, pois trabalhar com todas estas mídias requer um pouco de habilidade, entretanto o modelista que pretende iniciar no mundo dos short-run certamente terá um ótimo modelo em mãos para aprimorar suas técnicas de montagem. Recomendo.

Onde comprar,

Este kit pode ser comprado na Modelimex por 14 Euros (já com desconto de 20% para compradores do Brasil), ou cerca de 44,00 Reais. Para comprar clique aqui.

Se você não conhece a Modelimex, sugiro ver este link com uma visita que fiz a loja ou este tutorial que explica como comprar na Modelimex.

Se você não sabe como fazer compras no exterior, recomendo a leitura destes dois tutorias:

– Fazendo Compras em lojas no Exterior

– Fazendo Compras no Exterior sem Cartão de Crédito Convencional

Meus sinceros agradecimentos ao pessoal da Modelimex por enviar mais este kit para review!


Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.