Aviação Reviews 

Review: 1/72 Leo C.30 – RS Models #92190

A Aeronave,

O Cierva C30 foi um autogiro projetado e desenhado por Juan de La Cierva, o primeiro voo da aeronave se deu em 1933 e sua produção teve início no ano seguinte, cerca de 150 unidades foram construídas no total.

O autogiro serviu de base para o desenvolvimento do helicóptero atual, e até hoje existem muitos modelos, alguns capazes de realizar voos pra lá de radicais, uma característica bastante interessante do autogiro é que ele é uma aeronave que simplesmente não sofre estol, fazendo dos autogiros aeronaves extremamente seguras.

O Cierva C30 foi produzido em três países, sob licença pela Avro, Lioré-et-Olivier e Focke-Wulf. Dessa forma cada fabricante deu sua designação para a aeronave, os fabricados pela Avro, eram os C, os fabricados pela Lioré eram L e os fabricados pela Focke-Wulf eram C também.

Este do review em particular é o fabricado pela Lioré, que produziu sob licença 25 unidades, eram equipados com motor Salmson 9NE radial de 9 cilindros.

A aeronave não teve muito uso militar, a Inglaterra chegou a usá-los para calibração do radar, entretanto praticamente todos foram parar em mãos civis.


 Um pequeno walkaround do modelo pode ser visto aqui.

O kit,

Composto de apenas um sprue, o kit possui apenas 64 peças, não há sprue para a transparências, mas sim uma pequena folha de acetato, que ao meu ver reproduz muito melhor a pequena proteção que havia para o piloto.

A injeção é ao estilo short-run porém com uma melhoria significativa de qualidade, embora ainda não existam pinos de encaixe, o kit é totalmente livre de rebarbas. Há bons detalhes, como o motor e o interior que tem um nível de detalhamento ao meu ver suficiente, mas claro, pode ser melhorado com alguns aftermarkets de cintos em photoetched e decalques para o painel de instrumentos.

O grande desafio deste kit é montar tudo alinhado, pois ele possuía muitos montantes, tanto para o trem de pouso quando para  o rotor, acredito que neste ponto o modelista terá que ter paciência e cuidado para não montar nada errado.

O manual é bem claro nas instruções e felizmente trás as indicações de cores de um fabricante! as cores tem indicações para as tintas Gunze Sangyo linha Mr. Color.

Os decalques são bem impressos, nada fora do lugar e praticamente sem verniz “sobrando” o que elimina em 90% a possibilidade de silvering.

 

Os decalques permitem 4 marcações diferentes:

  • Leo C.30 – Agen-La Garenne – France 1940
  • Avro C.30A, Poland 1937
  • Leo C.30, Hyeres Autogiro section, France 1940
  • Focke-Wulf C.30, Germany 1936

Atenção que os modelos Avro e Focke-wulf possuíam uma pequena diferença nos rotores e no escapamento do motor, tais diferenças estão presentes no kit e indicadas no manual, mas não custa dar uma reforçada 😀

Devido ao nível de dificuldade por causa dos montantes, recomendo este kit para os modelistas que já possuem alguma experiência no modelismo.

Certamente é um modelo bastante diferente, nunca vi nenhum montado em nenhuma convenção de que já participei (aqui no Brasil) e vai chamar a atenção em qualquer coleção.

Onde comprar,

Este kit pode ser comprado por 18 Euros (cerca de 65 Reais cotação julho/2016) + frete diretamente da RS Models. Para comprar este kit, clique aqui.

O kit também pode ser comprado por meio dos revendedores da RS Models, para ver a lista de revendedores clique aqui.

Se você não sabe como comprar no exterior recomendo a leitura destes tutoriais, clique aqui.

Meus agradecimentos à RS Models por enviar mais este modelo para review, obrigado

É isso aí e até a próxima!

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

4 Thoughts to “Review: 1/72 Leo C.30 – RS Models #92190”

  1. Guacyr Soares

    Tenho umas fotos de autogiro do museu de Madri!

    1. Opa!

      Que bacana Guacyr!! com certeza é um Cierva!

  2. Paulo Prado

    Lucas estes dias atrás eu visitei o site da RS models e vi muitos kits legais por lá, existe muita coisa “hard to find” lá.
    Gostei muito dos vídeos, puxa naquela época há havia decolagem vertical.
    Parabens pelo review.

    1. Pois é Paulo,

      Particularmente sou muito fã destes modelos fora do estilo “mais do mesmo”, a RS Models tem uns kits muito interessantes mesmo, e a qualidade é boa por serem kits shor-run é até melhor que outras marcas.

      Quanto ao Leo C.30 eu tive um de controle remoto, rapaz, voava desse jeito mesmo ai, era muito legal!

      Plastiabraços!

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.