História & Modelismo 

Entrevista: Marcus Borges

Dando seguimento aos posts de entrevistas com algumas personalidades do plastimodelismo nacional, desta vez é a minha chance de entrevistar o Marcus Borges, modelista de São José do Campos e “facilitador de felicidade” como ele mesmo diz, afinal o Marcus é excelente em encontrar e negociar kits para os amigos do grupo de modelismo da cidade.

Tive a oportunidade de conversar com o Marcus em um dos “Bingo Day” organizado pelo grupo de São José, nestes dias especiais o pessoal faz um mercado de pulgas (venda e troca de kits) expõe seu trabalho em andamento, bate papo, dá risada e ainda rola um bingo pra ajudar na diversão. Abaixo algumas fotos do Bingo Day.

Desde quando você pratica o modelismo?

Comecei aos 10 anos de idade,na década de 70,montando como muitos os kits da Revell (A.Kikoler), que ganhava de presente de parentes ou comprava em papelarias,supermercados,jornaleiros,etc.
 

Quantos kits você já montou e quantos tem no seu armário para montar?

Até agora,contando os kits que montei quando criança e adolescente,aproximadamente 400 kits em todas as escalas consagradas.
 

Tem uma temática preferida?

Segunda Guerra Mundial.
 

Qual é o seu objetivo quanto ao nível de detalhes?

Depende da época e do kit. O mais importante é ter satisfação com o projeto, seja ele simples ou complexo.
 

Você sempre usa aftermarkets, scratch ou monta direto da caixa?

Como mencionado antes, depende do projeto, mas todas as opções são válidas para mim.

Montar modelos e estar envolvido com isso trouxe algo de bom para sua vida? O que?

Sim, pois me permite representar máquinas que contêm aspectos históricos e tecnologia que curto muito desde criança.
 

O que você diria para as pessoas que ainda não reconheceram o charme e a magia do modelismo?

Bem, isso é algo muito pessoal,mas eu diria que, se sentirem atração, que tentem e – principalmente – que se divirtam!
 

Qual o conselho que você daria para aqueles que estão começando agora no modelismo?

Nunca tentar fazer algo para os outros, mas para si mesmos. Se estiverem satisfeitos,s ejam felizes com o que fizeram, e se preocupem mais com a realização do que com o ego.
 
 
 Deixo aqui meus agradecimentos ao Marcus por ter me recebido em sua casa, e por gentilmente nos conceder esta pequena entrevista.

Um grande abraço meu amigo.

É isso aí pessoal e até a próxima!

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

7 Thoughts to “Entrevista: Marcus Borges”

  1. Rafael Loose

    Muito legal conhecer a bancada do amigo Marcus Borges. A matéria também é bem legal Lucas!

    1. Obrigado Rafael,

      Fico contente em saber que o conteúdo do Blog Spruemaster lhe agrada!

      Plastiabraços!

  2. Renato Gambi Moreira

    Parabéns Lucas pela ótima entrevista com o grande modelista e amigo Marcos Borges. Demais

    1. Obrigado Renato, sempre fico contente quando o pessoal gosta das publicações.

      Plastiabraço e boas montagens!

  3. OSWALDO LUIZ ANTONELLI

    Boa, Lucas!
    O Marcus Borges, gaucho vuadô, é um dos caras mais gente boa que conheci (ainda não pessoalmente) por conta do plastimodelismo. Só isso já vale o hobby.
    Abraços aos dois!

  4. PAULO CESAR DO PRADO LEITE

    Lucas muito legal a entrevista, parabéns. Muito importante para a comunidade do modelismo nacional conhecer os modelistas.
    Vida longa pro blog Spruemaster.

    1. Muito Obrigado Paulo!

      Fico contente em saber que o conteúdo do blog agrada.

      Plastiabraços e boas montagens!

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.