História & Modelismo 

A história do MIG-23MF vindo do Inferno

O MIG-23MF “Hell Fighter”

Talvez esse seja um dos MIG-23 mais conhecidos do mundo devido a sua pintura totalmente peculiar. Me recordo da primeira vez que vi uma foto deste MIG-23 e fiquei bastante empolgado em fazer um modelo dele. Coisa que só coloquei em prática agora.

O mais curioso de tudo é que a vida às vezes nos prega algumas peças, e totalmente por acaso em 2011 tive a oportunidade de ver essa aeronave bem na minha frente! Confesso que foi bastante emocionante, e deixo até algumas fotos que fiz na época logo abaixo.

Em 2019 pude visitar novamente o Museu Kbely em Praga, que é onde ele se encontra, mas infelizmente desta vez ele não estava em exposição. Acredito que esteja com a pintura sendo restaurada, pois muitas aeronaves que vi em 2011 com a pintura já desgastada agora estão restauradas e protegidas em uma nova área do museu.

Encontrei esse vídeo, porém sem o áudio original e com muitas falhas no áudio que foi adicionado popr cima, acredito que por conta de direitos autorais, mas vale pelas imagens.


 

A história operacional do 3646

O MIG-23MF número de série 0390213646 foi fabricado em 27/07/1978 e retirado de serviço em 05/10/1994. Após sua construção o aparelho foi incorporado à Força Aérea da Tchecoslováquia em 24/08/1978 tendo realizado apenas 10 pousos. O modelo foi então destacado para os seguintes esquadrões ao longo do tempo:

16/11/1978-13/05/1983 1. slp – stíhací letecký pluk (1º Regimento de Aviação)
13.05.1983-23.03.1989 11. stíhací letecký pluk (11º Regimento de Aviação)
23.03.1989-31.12.1992 1. stíhací letecký pluk (1º Regimento de Aviação)

O modelo foi entregue em um padrão cores que seguia a configuração: superfícies superiores irregulares em três tons de verde: escuro (FS 34083), médio (FS 34096), claro (FS 24227) e três tons de marrom: escuro (FS 30045), médio (FS 30140), claro (FS 30227) . Na parte inferior da aeronave foi utilizada a cor azul-cinza-acinzentada a verde-acinzentada (FS 36314). Abaixo algumas poucas fotos existentes do 3646 em sua antiga pintura de combate

A história do Hell Fighter.

Em 1994, foi decidido que não haveria o CIAF Air Show em Prerov. No lugar haveria um show aéreo promovido pelo exército em České Budějovice como uma comemoração dos 50 anos da  formação do 1º slp. Para o evento, uma pintura especial foi aplicada ao MiG-23MF 3646, um dos três MiG-23MFs mais antigos em serviço (fabricado em 27 de junho de 1978), mas na época com relativamente poucas horas no ar. O desenho artístico foi enviado por Stanislav Hajek e o esquema foi realizado com a ajuda de Milan Pech, Josef Martinek e Bohumil Cerv. A supervisão do projeto foi realizada pelo líder do esquadrão Drahoslav Mladek.

Uma curiosidade é que Stanislav Hajek é plastimodelista, a atualmente faz ilustrações e masters de resina para a maioria dos fabricantes de kits na República Tcheca. As ilustrações das caixas da Special Hobby por exemplo, muitas são dele, abaixo alguns exemplos.

Tentei um contato com o Sr Hajek para uma entrevista, porém não obtive sucesso, como muitos artistas, sei que ele é um pouco reservado. Em minha próxima viagem para a República Tcheca tentarei visitá-lo pessoalmente.

A pintura da aeronave foi realizada em apenas três dias durante o final de semana de 3 a 6 de junho de 1994. O número 50 significava o 50º aniversário da formação do regimento, o desenho do diabo com asas de morcego e a inscrição HELL FIGHTER eram uma referência as insígnias da unidade que o Esquadrão Regimental usou durante 1969-1970. O Tigre tema no nariz da aeronave referente ao 11º slp (o chamado Tiger Esquadrão) subordinado ao 1º slp.

Mr Hájek executando a pintura no Hell Fighter

O MiG voou pela primeira vez com essa nova pintura no dia 7 de junho, pilotado pelo novo líder do esquadrão Peter Hromek. Na sexta-feira, 17 de junho, o Hell Fighter foi usado como aeronave de escolta para participantes do show aéreo. Para o show de sábado, 18 de junho, o avião fez o seu display e após o pouso foi rebocado para um local de exibição estático.

Durante aquele verão o Hell Fighter participou de outros dois shows aéreos locais, um em Line e outro em Benesov.
Além dessas funções de exibição, ele também voou durante as missões de treinamento padrão.

Com a pintura especial realizada em acabamento brilhante o Hell Fighter voou cerca de cinquenta horas e nunca carregou mísseis guiados ou munição. A única coisa que ele chegou a carregar foi um tanque auxiliar de 800 litros no esquema de pintura alemão clássico.

Durante o uso, alguns danos foram sofridos pela barbatana ventral retrátil e uma outra peça foi removida de uma aeronave e pintado de vermelho. Nesse esquema, a aeronave não carregava nenhum stencil ou simbologias de aviso.

Seu último vôo ocorreu em 5 de outubro de 1994, indo para o museu Praga-Kbely onde está em exibição até hoje. O total de horas de vôo da célula foi de apenas 1.160 horas.

Um detalhe que falta nos decalques dos kits por exemplo é a assinatura dos artistas que fizeram a pintura na porta esquerda do trem de pouso.

Em escala

A Trumpeter tem um kit do MIG-23 que já vem com os decalques para o Hell Fighter, é o kit de número #02854. Em 2018 a Eduard relançou o mesmo kit com adicionais em resina e PE e uma nova folha de decalques.

Comprei o da Trumpeter alguns anos atrás e também uma série de partes em resina para incrimentar o modelo, uma vez que esta é uma das aeronaves dos meus sonhos. Infelizmente não consegui bons decalques para esse kit, e estou a procura, mas eles simplesmente desapareceram! Nem mesmo o da Eduard consegui 🙁 espero até o final da montagem conseguí-los…

Na próxima semana farei um post mostrando o kit e o porque de alguns items de resina serem necessários nesse kit.

O kit já está na bancada!

 

 

Fontes:

Rogl, Stanislav; Třiadvacítky, stíhací MiGy v našem letectvu. Svět křídel, Cheb 2016. ISBN 978-80-7573-004-6
Gordon, Yefim; Dexter, Keith; Kommisarov, Dmitriy. MiG-23/27 Flogger: SOviet Swing-Wing Fighter/Strike Aircraft. Midland Publishing, Hinckley 2005. ISBN 1-85780-211-X.
Якубович, Николай. Боевые самолеты Микояна: Есть только МИГ… Яуза, Москва 2009. ISBN 978-5-699-34100-9.
Guston, Bill; Gordon, Yefim. MiG Aircraft since 1937. Putnam Aeronautical Books, London 1998. ISBN 0-85177-884-4.
Ильин, В. МиГ-23: долгий путь к совершенству, Авиация и Время 2000/02.
Eduard 2018 – BEDNA por Martin Janousek
Fotos – Thomas Marik, Francis Možíš, Vladimír Teichertbel, Lucas Rizzi, Fernando Zavarelli, army.cz, HellFighter Facebook group page.

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

2 Thoughts to “A história do MIG-23MF vindo do Inferno”

  1. Pois é Sérgio, agora ele vai sair!

    Plastiabraços!

  2. sergio

    Muito boa matéria. Um avião com uma história interessante. Deveria ser hangarado para não sofrer com o tempo, que maltratou bastante dele,
    Quero ver depois de pronto. Uma curiosidade, vai fazer com muito weathering. rsrsr
    parabéns pela matéria e pela perseverança, esperando uns anos para montar
    plastiabraço
    Sergio

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.