Artigo do Leitor Montagens & Tutoriais Tutoriais 

Artigo do Leitor: Pintando Madeira

Anos atrás publiquei aqui no Blog um outro artigo sobre como pintar madeira. Agora o leitor Daniel Iscold nos dá um excelente tutorial sobre como fazer. Muito obrigado por ter enviado o artigo Daniel!

Pintando Madeira

por Daniel Iscold

O plastimodelismo, em diversos momentos, apresenta grandes desafios para simular materiais diferentes, além da pintura normal das cores militares. É relativamente fácil representar uma aeronave fabricada em chapas de alumínio pintada com cores militares ou civis.

A coisa começa a se complicar quando a aeronave é acabada metal natural ou em madeira. A grande maioria, ou se não a totalidade, das aeronaves da primeira guerra mundial, eram construídas em madeira. As partes de metal, restringiam-se a ferragens, motor e pequenas porções da fuselagem. As aeronaves construídas exclusivamente em metal, começaram a surgir no pós primeira guerra mundial nos anos 20 e 30.

Então torna-se um grande desafio representar o acabamento de madeira destas aeronaves em escalas reduzidas como 1/72, 1/48 e 1/32.

Hoje em dia, é possível encontrar no mercado, alguns fabricantes que produzem folhas de decalques, que reproduzem com grande fidelidade as gramaturas e tonalidades das madeiras utilizadas em aeronaves da primeira guerra mundial.

Entretanto, a compra de acessórios para plastimodelismo, em tempos de pandemia, tem se mostrado proibitiva por causa de seu preço (cotação do dólar) e dificuldades de importação.

Existe uma técnica de pintura, que se realizada com paciência e bastante prática, demonstra ser viável e substitui perfeitamente o uso de decalques. Aprendi esta técnica há muitos anos atrás, com o meu amigo Fernando Estanislau. Na época, eu queria montar um Albatros DV na escala 1/72 da Eduard.

Quando aprendi com ele, usamos tintas acrílicas de tubo, hoje eu faço com tintas a óleo.

Para fazer esta pintura você vai precisar de:

– tintas a óleo de boa qualidade, de preferência tintas importadas, nas cores Raw Umber, Siena Rumber e paynes gray. Nada impede que você use tintas nacionais e outras cores, mas as tintas importadas possuem um acabamento mais refinado devido ao seu pigmento e resinas de melhor qualidade;

– Secante de cobalto, ele vai acelerar a secagem da tinta. Eu uso da marca Maimeri, comprado aqui no Brasil mesmo. Um vidro certamente irá durar para toda a sua vida, mesmo se você for um pintor de quadros a óleo. Se não quiser comprar veja com um amigo se ele tem;

– Um pincel redondo, com a ponta arredondada;

– Diluente para tinta a óleo de sua preferência.

PASSO 1

Pinte o objeto com a cor de sua preferência. A vantagem de realizar esta técnica é que não existe a cor certa. A natureza oferece ao homem, uma gama infinita de cores de madeira. Mesmo a madeira de mesma espécie de árvores apresentará pequenas variação em seu tom. Após ser processada, cortada, montada e acabada a mesma irá apresentar tonalidades diferentes. Sem falar que o tipo de verniz e condições de armazenamento, irão influenciar em sua tonalidade também. Para este teste, escolhi três tons de marrom como base para verificar quais tonalidades podemos fazer.

PASSO 2

A preparação da tinta é fundamental. A diluição, pode variar com o tipo de acabamento que você quer. Para um acabamento mais refinado, o ponto ideal da tinta é pastoso. Coloco o secante de cobalto em uma quantidade menor que a tinta, para medir a quantidade uso o pincel. Duas pinceladas carregadas são o suficiente. Coloco o diluente utilizando um conta gotas, até atingir a diluição desejada. É importante misturar bem a combinação, tinta e secante de cobalto, para que a mistura fique o mais homogênea possível.

PASSO 3

Espalhe a tinta sobre a superfície a ser pintada com o pincel. Aqui você pode, e deve, fazer por etapas, não precisa ter pressa, pois a tinta demora dias para secar. É importante não deixar a tinta parada por muito tempo, se o diluente evaporar ficará difícil fazer o espalhamento da tinta, com a finalidade formar os veios da madeira. Com o pincel, em uma única direção vá passando de forma cadenciada e contínua afim de espalhar o excesso de tinta. Com as passadas contínuas e cadenciadas do pincel, os veios da madeira vão se formando. Uma dica importante é a forma como você segura o pincel, a sua mão deve estar posicionada no cabo do pincel conforme a foto. Nem muito baixo nem muito alto. Após a formação dos veios da madeira, é importante fazer algumas ondulações e nós. Para tanto basta ondular o pincel levemente entre uma passada e outra. O tempo de secagem do efeito de madeira é entre 24 e 72 horas. Ele varia em função de diversos fatores, entre eles, diluição, quantidade de secante de cobalto adicionado a tinta, temperatura e umidade. Faça sempre uma peça de teste para ir testando a secagem. Após a secagem pode-se aplicar o verniz brilhante de sua preferência para selar o trabalho.

Resultados

É isso aí, muito obrigado ao Daniel Iscold por enviar mais este artigo para o Blog!!!

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

6 Thoughts to “Artigo do Leitor: Pintando Madeira”

  1. Horst A. H. Fuhrmann

    Parabéns ao Daniel. Excelentes dicas e modelos magníficos!
    Isto mostra que no modelismo a paciência, a perseverança, novas técnicas e a dedicação trazem resultados surpreendentes.

  2. Raphael Vital

    O modelo está simplesmente fantástico!!! As dicas … vieram em boa hora e o resultado final impressiona. Parabéns pelo modelo e pelas dicas muito bem explicadas.

    Raphael

  3. Claudio

    Ficaram lindos os trabalhos Daniel. Parabéns!!

  4. Ricardo Henry Duarte

    Muito boa essa dica, vou tentar fazer igual,ficou bemm realista, parabéns pelo blog, abraço

  5. MARCELO ANTONIO ALBUQUERQUE E SOUZA

    Excelente artigo ! O que gosto no plasti são extamente esses desafios que surgem quando o assunto é um pouco diferente e vai envolver técnicas mais sofiticadas.
    A tinta óleo é de uma riqueza imensa para o plastimidelismo, e eu vejo que poucos modelistas realmente usam.

    1. E você tem toda razão Marcelo!

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.