Aviação Build Review Montagens & Tutoriais Na bancada ! Reviews 

Build Review: 1/72 H04S-3 – ITALERI- #1267

A Aeronave,

H04S-3-017

O modelo se tornou operacional nos anos 50 o H-19 Chickasaw foi introduzido em combate no final da Guerra da Coréia e apresentou desempenho além do esperado em todas as missões que foi designado

O Kit,

Composto de apenas 3 sprues, sendo dois injetados em cinza e um para as transparências, o kit compreende um total de 69 peças. Confesso que embora com poucas peças fiquei impressionado com a qualidade da injeção. O kit possui todos os baixos e altos relevos da aeronave original, mesmo nas grades de refrigeração do motor que são peças delicadas a injeção está bem reproduzida.

O interior é simples porém com alguns detalhes, como os assentos dos passageiros e a o cockpit, o painel de instrumentos consiste em apenas uma peça lisa sem relevos, porém um decalque com os instrumentos é fornecido.

Os assentos são bem injetados, reproduzindo inclusive a rugosidade do tecido, porém sem os cintos de segurança, que deverão ser adicionados por scratch ou então comprados por meio de uma folha extra de photoetched (existe no mercado uma folha de detalhamento para o modelo).

Um outro detalhe que chama a atenção são as pás do rotor, elas estão injetadas para baixo (ver foto) reproduzindo o peso quando a aeronave está em solo, achei esse detalhe sensacional.

A porta de embarque pode ser montada fechada ou aberta, porém acredito que se montada aberta algum detalhamento extra deverá ser realizado no interior do modelo.

Os decalques são bem impressos sem marcas fora do registro ou excesso de verniz, curiosamente desta vez não foram impressos pela Cartograph, mas sim por outra empresa chamada Zanchetti Buccinasco. Estão disponíveis na folha de decalques 3 versões sendo elas:

  •  Royal Canadian Navy, Search and Rescue, HMSC. Bonaventure, 1953
  • USMC HRS-2, 1953
  • H-19, ALAT GH2, El Acouét, Algeria, 1956

O manual é bem claro quanto as instruções, algo que é padrão da marca, as indicações de cores estão em Federal Standard e dos códigos de tintas da marca (Italeri). Vamos para a montagem deste kit, estou ansioso para vê-lo pronto 😀

A montagem,

Iniciei a montagem pelo cockpit, o único aftermaket que utilizei em todo o kit foram os cintos de segurança em phototeched, pois no kit não há nenhum cinto, nem mesmo moldado aos bancos.

O interior é simples e sem muitas dificuldades, utilizei tinta Tamiya e Italeri para realizar a pintura do interior. A cabine de passageiros e alguns outros detalhes foram pintados utulizando tinta Italeri e depois um wash com produtos da MIG Productions.

Ainda no interior o painel de instrumentos não possui relevo algum sendo necessário utilizar algum aftermarket ou  o decal que vem no kit com os instrumentos, como minha intenção era fazer uma montagem OOB (Out Of the Box – Fora da caixa) foi essa a minha opção.

O manua pede para que seja adicionado peso ao nariz, uma vez que ele tem uma cauda bem longa, para que ele não ficasse com o nariz para cima adicionei três bolas de chumbo de 5g cada, e colei com cola branca escolar.

Nesse momento colei as transparências, que aliás são excelentes, e “fechei o pastel” não encontrei muita dificuldade nesta estapa, porém um pouco de putty foi necessária para fazer os ajustes e deixar tudo certinho, utilizei neste caso a putty da Vallejo.

Para mascaramento utilizei Mr Masking Sol da Gunze Sangyuo nas transparências e silly putty em algumas outras áreas. Após tudo isso apliquei uma camada de tinta (sem utilizar primer) de Italeri 4761AP (Flat Dark Ghost Gray), em seguida mascarei e apliquei uma camada de Vallejo 71048 (Dark Sea Grey). Para a pintura da área vermelha nos estabilizadores da cauda misturei duas tintas Testors, Red e Neon Red para chegar na mesma tonalidade dos números que vem nos decalques.

Despois de tudo pintado, fiz a instalação do trem de pouso e apliquei os decalques. Esse é o único ponto mas complicado do kit, o trem de pouso é extremamente frágil, as rodas dianteiras se quebraram várias vezes durante a montatagem, assim recomendo deixar para instalá-las no final de tudo.

Fiz um wheatering usando pigmentos da MIG Produtions, e um post shading utilizando o Wash da Tamiya misturando o preto e o marrom, e em seguida diluindo na proporção de 15:1 utilizando thinner da marca, aplicado com este aerógrafo de assim simples! :o. O acabamento final foi realizado utilizando o verni fosco da Italeri diluído com o thinner da própria marca.

Esta foi uma das montagens mais rápidas e simples que já fiz, a engenharia da montagem, e o acabamento das peças ajudou em muito, ponto positivo para a Italeri.

Toda a pintura foi realizada utilizando um aerógrafo de Ação Simples da IWATA modelo NEO TRN1. A pressão ideal para as tintas Italeri e este aerógrafo foi fde 18psi. Em breve vou publicar um review somente deste aerógrafo aqui no Blog.

O resultado final,

Depois de algumas semanas de trabalho, este foi o resultado final da montagem:

Onde comprar,

Este kit pode ser comprado na Officinalis Hobby por apenas R$62,00 + frete, para comprar clique aqui.

Meus agradecimentos ao pessoal da Officinalis Hobby por enviar este kit para review.

   

Written by 

Editor do Blog SprueMaster

Posts Relacionados

6 Thoughts to “Build Review: 1/72 H04S-3 – ITALERI- #1267”

  1. Paulo Castro

    Excelente artigo e montagem Lucas.
    Sempre vi esse kitinho dando sopa por aqui mas tinha dúvidas se valia a pena ou não, seu artigo me convenceu que vale a pena sim.
    Plastiabraços!
    Paulo
    From Down Under!

    1. legal Paulo!

      Fico muito contente que tenha gostado da montagem!

      Plastiabraços!

  2. Rafael

    Lucas
    Obrigado pelo completo review!
    E parabéns pela ótima montagem e pelo site!

    1. Muito Obrigado Rafael! Fico contente que tenha gostado

      Plastiabraços!

  3. Gustavo

    Prezado Lucas.
    Sempre penso que o acabamento do kit depende da capacidade artistica de cada um, não adianta forçar, cada um tem seu estilo, porem o teu passou de padawan para mestre ha muito tempo,o sonho de cada plastimodelista é ser membro do conselho… ( e ficar sentado na mesma mesa que o Shepard) tenho uma duvida por que vc escolheu o pós shading e não o pre shading? foi feito com cotonete ou aerografo? e finalmente dizer que o review esta muito legal, parabens.

    1. Oi Gustavo,

      Eu ainda estou longe de ser um mestre, sou um Padawan eterno 😀 O Shepard é que é o Lord Sith da coisa toda hahahahah.

      Brincadeiras à parte obrigado pelos elogios, fico contente que tenha gostado da montagem. Quanto ao post shading, ele foi realizado com aerógrafo, esse aí de ação simples que mostrei na matéria, daqui uns dias vou publicar um vídeo/review dele e você vai ver eu fazendo o post shading com ele.

      Eu prefiro sempre fazer o post shading pelo fato de que nele tem como controlar mais o efeito desejado, sem dizer que dá pra trabalhar com várias cores, coisa que não se consegue no pre shading, além de que eu acho que sempre que uso o pre shading o modelos ficam parecendo um pátio de estacionamento hahahahaa. É apenas uma questão de gosto.

      Fico contente com seu comentário e por visitar o Blog

      Plastiabraço!

Deixe seu comentário

Obrigado!! Seu comentário poderá ser aprovado antes da publicação.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.